#Vídeo: Deputado baiano se diz preparado para orientar Bolsonaro por se considerar doido

Postado em maio 22 2019 - 1:43pm por Jornal da Chapada

Antes de desligarem seu microfone, Pastor Sargento Isidório ainda frisou a necessidade de “pacificar” a relação entre os Poderes | FOTO: Divulgação |

O deputado federal baiano Pastor Sargento Isidório (Avante) está sendo marcado pelas suas atuações excêntricas na Câmara de Deputados. Há pouco tempo fez uma encenação com arma de brinquedo em punho, junto com um assessor, e simulou uma morte por arma de fogo. Ele é contra o decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que libera o uso de armas a civis. Na última terça-feira (21) o deputado se ofereceu para estabelecer um diálogo com o capitão em nome da Câmara.

Para ele, é chegada a hora de a Casa criar uma comissão para isso ou mesmo definir um parlamentar para a missão. “E pelo perfil dele, me sinto preparado pra ir até, se for necessário. Porque venho da Bahia, sou conhecido lá como doido e pra conversar com doido, só outro doido”, defendeu Isidório. Ele arrancou muitos risos dos colegas deputados. Antes de desligarem seu microfone, ele ainda frisou a necessidade de “pacificar” a relação entre os Poderes.

A declaração foi dita em um momento em que diversos políticos e membros da sociedade em geral criticam a medida do Palácio do Planalto. O governador Rui Costa (PT), por exemplo, se juntou a outros 12 governadores para assinar uma carta ao presidente contra a ampliação do porte de armas. Eles pedem que Executivo, Judiciário e Legislativo atuem pela “imediata revogação” do texto. Jornal da Chapada com informações do site Bahia Notícias.

Veja o vídeo divulgado

Leia também

#Vídeo: Deputado baiano realiza intervenção cênica contra decreto presidencial sobre porte de arma

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.