CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal
Trending

Fenagro é vitrine para agronegócio e atrativos turísticos da Bahia

Principal feira agropecuária do Norte e Nordeste, o evento deve atrair 100 mil visitantes da Bahia e de outros estados e países até o próximo domingo (1º).

Com expectativa de movimentar cerca de R$ 180 milhões em negócios, a 32ª edição da Feira Internacional da Agropecuária – Fenagro foi aberta no final da tarde deste domingo (24), no Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador. Principal feira agropecuária do Norte e Nordeste, o evento deve atrair 100 mil visitantes da Bahia e de outros estados e países até o próximo domingo (1º).

“A Fenagro é a grande vitrine do nosso agronegócio, que representa ¼ da economia da Bahia”, disse o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico João Leão, que representou o governador Rui Costa e fez a abertura da feira. “Somos o segundo estado em produção de algodão e o terceiro em soja e milho, mas temos ainda muito espaço para crescer e investir”, acrescentou.

O secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, participou da cerimônia de abertura, junto com os secretários Lucas Costa, da Agricultura; João Carlos Oliveira da Silva, do Meio Ambiente; Josias Gomes, do Desenvolvimento Rural; e Fábio Vilas-Boas, da Saúde,entre outras autoridades e representantes de associações e entidades. Em seguida, João Leão e acompanhantes percorreram os diversos estandes da Rota da Cachaça, que reúne 100 produtores das diferentes regiões do Estado e 18 marcas baianas de cachaça de alambique registradas.

A Setur mantém um estande na Fenagro, onde divulga os principais destinos das 13 zonas turísticas da Bahia com exibições de vídeos e distribuição de folhetos | FOTO: Reprodução/Setur |

Entre as marcas expostas estão Matriacra (Caravelas, sul da Bahia), Rio do Engenho (Ilhéus), Kiricó (Mata de São João), Carioca (Nazaré), Serra das Almas (Rio de Contas), Abaíra (microrregião de Abaíra, Chapada Diamantina), Cachoeira do Buracão (Ibicoara, Chapada), Paramirim (Paramirim, sudoeste), Amada (Dias D’Avilla), Poço da Pedra (Caculé), Caraguataí (Jussiape, Chapada), Matinha (vale do Rio Gavião, sudoeste) e Brutos Beer (Vitória da Conquista).

“Os municípios, fazendas e alambiques onde a cachaça é produzida são potenciais atrativos turísticos em que o visitante pode conhecer todos os processos de fabricação da bebida e participar de degustações”, afirmou Fausto Franco. A Secretaria do Turismo do Estado (Setur) mantém um estande na Fenagro, onde divulga os principais destinos das 13 zonas turísticas da Bahia com exibições de vídeos e distribuição de folhetos.

O local é também muito procurado por visitantes de outros estados em busca de informações turísticas. Outra iniciativa da Setur na feira agropecuária é a Noite do Turismo, que acontece nesta quarta-feira (27), a partir das 19 horas, no estande da Associação Baiana de Criadores, com a participação de cônsules e profissionais do setor turístico. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas