Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal
Trending

#Bahia: Servidor da Assembleia da Bahia morre por complicações causadas pela covid-19; presidente da Casa lamenta

Em sua redes sociais, o presidente da Assembleia, deputado Nelson Leal (PP), lamentou o falecimento do trabalhador.

Um servidor da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) morreu em decorrência de complicações provocadas pela covid-19 na noite deste sábado (23). A informação é da assessoria de comunicação da Casa. Cícero Clemente de Souza estava no quadro de funcionários da Alba desde 1986. “No departamento de Tecnologia da Informação sempre foi reconhecido como trabalhador, prestativo, parceiro e proativo na busca por soluções dos problemas”, aponta nota emitida para a imprensa.

Em sua redes sociais, o presidente da Assembleia, deputado Nelson Leal (PP), lamentou o falecimento do trabalhador. “Quero dizer da minha dor e consternação pela perda, agora à noite, de nosso companheiro de trabalho na Alba, Cícero Clemente de Souza, um servidor público na acepção exata da palavra. Restará a saudade de um grande colaborador, fraterno, uma pessoa gentil, sempre disposta a fazer e a servir. Meu abraço solidário a toda a sua família, amigos e a sua grande família Alba. Descanse em paz, Cícero, na morada de Deus”.

A Assembleia considera “uma perda inestimável que se soma a tantas outras por causa deste vírus que assola o mundo. Não podemos descansar enquanto não encontrarmos formas de salvar vidas. O Legislativo baiano está de luto, a Bahia, o Brasil também estão por contas das vítimas”. A nota da Casa completa dizendo que “vem fazendo o possível para proteger seus funcionários e colaboradores e adotará medidas ainda mais severas no sentido de combater a disseminação deste vírus”.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios