Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíciaTop
Trending

#Bahia: Polícia baiana é a terceira que mais matou no país em 2020, segundo dados do Anuário da Segurança Pública

A SSP-BA disse "que investe em treinamento para que as ações policiais tenham como principal objetivo prender criminosos".

A Bahia está em terceiro lugar no ranking dos estados que mais registraram mortes decorrentes de intervenção policial, antes chamado de Auto de Resistência – quando algum suspeito não resiste ao enfrentar as guarnições das Polícias Militar e Civil. Os dados são do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado no último domingo (18).

De acordo com a tabela, no primeiro semestre de 2020, 512 homens e mulheres morreram em confronto, um aumento de 41,8% em relação ao mesmo período de 2019 – que teve 361 vítimas. A Bahia perde apenas para Rio de Janeiro e São Paulo. Os paulistas apresentaram 426 mortes em 2019 e 514 em 2020, um aumento de 20,7%.

Já a Secretaria da Segurança Pública carioca, mesmo com uma diminuição de 12,4%, registrou 885 vítimas em 2019 e 775 óbitos em 2020. Goiás foi o único que não entrou no ranking. Segundo o Anuário, o estado não disponibilizou os dados sobre as mortes decorrentes de intervenções policiais.

Em nota ao site Aratu On, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) disse “que investe em treinamento para que as ações policiais tenham como principal objetivo prender criminosos” e sobre os casos de “resistências com confrontos, as equipes são capacitadas para reagir proporcionalmente, como determina a lei”.

“As ocorrências são apuradas pelas Corregedorias e, existindo qualquer ilegalidade, os policiais são responsabilizados”. As informações foram extraídas do site Aratu On.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios