CidadesCulturaCuriosidadesMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Escola Livre de Audiovisual abre inscrições para 150 bolsas de R$300 na região chapadeira

“Durante as aulas, além de aprender as diferentes linguagens do audiovisual, como editar e produzir fotos e vídeos, criar roteiros, entre outras temáticas, os encontros terão uma base teórica, onde discutiremos identidade, território e trabalho”, explica em nota os organizadores.

O projeto da Escola Livre de Audiovisual da Chapada Diamantina (ELA) está com inscrições abertas para cursos livres. As inscrições começaram na última terça-feira (19) e seguem até o dia 22 de janeiro. São 150 bolsas oferecidas destinadas a mulheres, jovens, a partir de 16 anos, professores e mobilizadores culturais de comunidades da Chapada Diamantina e entorno.

Cada bolsa oferecida, chamada de ‘bolsa conectividade’, é um incentivo de R$300 (dividido em duas parcelas de 150) para os interessados a participarem dos cursos e investirem em recursos tecnológico, ao exemplo de instalação de internet, aquisição de aparelho celular entre outras ferramentas.

“Assim, o aluno terá condições e um apoio para continuar sua formação tecnológica”. A criação do projeto ELA está ligada à realidade atual de isolamento social e a explosão da interação pelas redes sociais, ocasionada pelo surgimento da covid-19, na qual muitas pessoas afetadas buscaram se adaptar ao mercado digital.

“Pensando nisso e reconhecendo as limitações do nosso território, a Chapada Diamantina, no qual, nem todas as pessoas possuem acesso à internet e, também, não dominam as ferramentas digitais, é que surge a ELA – a nossa Escola Livre de Audiovisual – ofertando de forma gratuita e online cursos de edição de vídeo, produção de roteiros dentre outras temáticas”, diz, em entrevista ao Jornal da Chapada, a coordenadora Maiara Luane.

De acordo com publicação no perfil em rede social do projeto, a carga horária é de 60 horas com certificado pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb), campus de Seabra. As aulas e ações ocorrerão durante os meses de fevereiro, março e abril, de forma online. Para quem não quiser fazer o curso completo, as aulas ficarão disponíveis no canal da TV Uneb Seabra, parceira do projeto.

“Durante as aulas, além de aprender as diferentes linguagens do audiovisual, como editar e produzir fotos e vídeos, criar roteiros entre outras temáticas, os encontros terão uma base teórica, onde discutiremos temáticas como, identidade, território e trabalho”, explica em nota a coordenação do projeto.

Ainda de acordo com Maiara, o intercâmbio de ideias proposto nas ações e o engajamento dos interessados são alguns dos objetivos. “A expectativa é que o grupo de alunos inscritos na seleção esteja engajado com a proposta e disposto a apreender. Que ocorra uma troca de conhecimento enriquecedora para todos os envolvidos ao longo desse processo”, ressalta.

O projeto tem apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia), via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, vinculado ao governo federal. Confira aqui o link da inscrição e o link da programação.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios