CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo
Trending

#Brasil: Paulo Gustavo reage a estímulos, apresenta melhora e retomada das funções pulmonares

Estado de saúde do ator, internado desde março por complicações em decorrência da covid-19, porém, ainda é grave.

O ator Paulo Gustavo, internado desde 13 de março em um hospital do Rio de Janeiro para tratar a Covid-19, vem apresentando melhoras em seu quadro de saúde, segundo boletim médico divulgado nesta segunda-feira (19). Segundo os médicos, as funções pulmonares do artista estão sendo retomadas e não surgiram novas complicações. Ele ainda precisa, no entanto, fazer o uso do ECMO (terapia de oxigenação por membrana extracorpórea) e de ventilação mecânica, já que sua condição ainda é grave.

“Felizmente, não surgiram novas complicações nos últimos quatro dias. O quadro clínico do paciente, embora ainda preocupante, é de estabilidade, com alguns sinais mais evidentes de recuperação das funções pulmonares. Também verificamos boa responsividade aos pequenos estímulos. Ainda há necessidade de mantermos a ECMO, assim como a ventilação mecânica”, diz o boletim.

A informação do hospital vai de encontro ao relato da diretora Susana Garcia, amiga de Paulo Gustavo e que esteve com o ator neste domingo (18). Segundo ela, o artista respondeu a seus estímulos. “Ontem [domingo] foi um dia muito especial com você. Assim que cheguei, comecei conversando com você e vi na hora que aumentou a sua frequência cardíaca e a respiratória. Te perguntei se você estava me ouvindo e pedi pra você mexer a sua cabeça. Você mexeu duas vezes e tentou abrir a boca. Fiquei de mão dada com você e pedi pra você apertar a minha mão e você apertou fraquinho. Naquele momento, eu percebi que você estava conectado comigo e me ouvindo”, escreveu Susana em suas redes sociais.

Pastor diz que tentou “defender a honra de Deus”
O pastor José Olímpio da Silva Filho, da Igreja Assembleia de Deus de Alagoas, escreveu uma carta destinada ao ator Paulo Gustavo onde pede desculpas por ter desejado a sua morte publicamente.

Na carta, o pastor afirma que “nunca foi intenção do meu coração ferir, ofender ou machucar a nenhum dos ofendidos (que são milhares), a começar pelo ator Paulo Gustavo, que foi atingido diretamente passando por seus familiares, amigos, admiradores e muitos fãs, pois o mesmo é uma pessoa querida no mundo artístico”, disse o religioso.

Olímpio também afirmou que o seu objetivo foi “tentar defender a honra de meu Deus, muitas vezes ultrajada de muitos modos e de muitas maneiras e por muitas pessoas, esquecendo-me eu, de que Deus, criador do céu e da terra não precisa de quem defenda a sua honra”.

O ator Paulo Gustavo e o pastor José Olímpio | FOTO: Montagem do JC |

O pastor revela que colocou o seu cargo à disposição da Mesa Diretora da Convenção dos Ministros da Igreja. “Estou solicitando ao Conselho Consultivo e de Ética da mesma, através de documento protocolado na secretaria, a análise do caso em apreço. Ponho-me a disposição do mesmo para que sejam aplicadas as penas previstas nas normas estatuárias e regimentais de minha Convenção Estadual, de acordo com o que este douto Conselho julga”.

O pastor bolsonarista, da Assembleia de Deus da Missão de Alagoas, braço direito do reverendo José Orisvaldo Nunes de Lima, presidente da denominação no estado, desejou a morte do ator e humorista Paulo Gustavo, que está entubado em estado crítico na UTI de um hospital na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Ele compartilhou um trecho de um filme de Paulo Gustavo, e escreveu que está orando para o ator morrer, e não pela sua recuperação. “Esse é o ator Paulo Gustavo que alguns estão pedindo oração e reza. E você vai orar ou rezar? Eu oro para que o dono dele o leve para junto de si”, escreveu. Redação da união de dois textos da Revista Fórum.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios