CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu PrincipalTop
Trending

#Chapada: Após altos índices de casos e óbitos por covid-19, prefeito de Seabra pede apoio da população

“Peço que ao invés de simplesmente apontar, nos ajude a trabalhar”, ressalta o gestor em vídeo difundido por redes sociais.

Após desenfreados índices de casos e óbitos em razão da covid-19 no município de Seabra, na Chapada Diamantina, o prefeito Fábio Lago Sul (PP) se manifestou, através de vídeo, divulgado no último domingo (23) nas redes sociais, pedindo contribuição da população para evitar a propagação do vírus.

Ao decorrer do vídeo, o gestor municipal destacou as ações feitas pela prefeitura para evitar a disseminação da covid-19. No entanto, pontuou que: “Hoje, Seabra chora a perda de 41 [47] filhos e aguarda esclarecimento sobre a causa de mais 11 falecimentos. São, infelizmente, 51 [58] famílias em luto”. Os dados foram atualizados nesta segunda-feira (24)

O gestor afirmou que ainda existem pessoas que, embora saibam da gravidade do vírus, insistem em aglomerar e em não seguir as recomendações das autoridades sanitárias.

“Gente que insiste em continuar colocando a sua vida e a dos outros em risco”, afirma, ao comentar que parte da sociedade se acostumou a apontar a responsabilidade apenas para o poder público e aos profissionais de saúde, diante aos casos e mortes em razão do vírus.

“Peço que ao invés de simplesmente apontar, nos ajude a trabalhar”, ressalta o prefeito, ao pedir que os residentes da cidade chapadeira ao visualizarem pessoas descumprindo as orientações, peçam respeito para esses indivíduos.

“Nos ajude a conscientizar as pessoas”, diz, ao pedir que comerciantes não deixem consumidores entrarem no estabelecimento sem o uso da máscara e que as pessoas denunciem qualquer aglomeração.

“Quem contamina a cidade, infelizmente, é o cidadão”, finaliza, ao pontuar que uma nova cepa mais forte foi identificada na Chapada Diamantina e que esta acomete qualquer pessoa, em qualquer faixa etária.

Acordo com o MP-BA
O município de Seabra firmou neste mês de maio um acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), com o objetivo de adotar medidas mais restritivas de fiscalização contra o novo coronavírus, por conta do recente aumento de casos na cidade.

O município chapadeiro ficou de elaborar e enviar ao MP-BA, no prazo de 30 dias, um plano de ação para a hipótese de manutenção da alta taxa de contágio e óbitos por covid-19.

Jornal da Chapada

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios