CidadesCulturaCuriosidadesMenu PrincipalTop
Trending

#Polêmica: Caetano ataca Bolsonaro em sua nova música e diz que país vive “na carne” consequências de sua eleição

'Anjos Tronchos' vai integrar 'Meu Coco', próximo álbum de inéditas do cantor, gravado no primeiro semestre deste ano e com lançamento previsto para outubro.

“Palhaços líderes brotaram macabros/ No império e nos seus vastos quintais/ Ao que revêm impérios já milenares/ Munidos de controles totais”, versa Caetano Veloso em ‘Anjos Tronchos’, seu novo single lançado na noite desta quinta (16).

Os trechos evocados são uma referência direta ao presidente Jair Bolsonaro — que tem no palhaço Bozo um de seus apelidos — e a Donald Trump, ex-presidente dos EUA. Ao contextualizá-los no mundo tecnológico, Caetano fala da ascensão da extrema direita ligada às fake news e às redes sociais .

“Toda a campanha de Trump, na qual a do Bolsonaro foi inspirada, teve orientação do Steve Bannon [asessor do mandatário americano que inspirou bolsonarismo]. Isso foi um negócio que causa essa doença social, um aspecto apavorante, horrendo, nesse desenvolvimento da internet e das redes sociais”, disse o cantor e compositor, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

Nas palavras do baiano, a população vive hoje “na carne” as consequências das eleições que o alçaram ao Planalto em 2018. “O Brasil agora vive a ressaca dessa eleição. A maioria da população rejeita o Bolsonaro, mas ele é o presidente”, acrescentou Caetano.

“Anjos Tronchos vai integrar “Meu Coco”, próximo álbum de inéditas do cantor, gravado no primeiro semestre deste ano e com lançamento previsto para outubro. É o primeiro álbum do artista santamarense em quase dez anos, dando sequência a “Abraçaço”, que saiu em 2012.

“‘Anjos Tronchos’ é uma canção que terminou ficando extremamente densa. Vivemos hoje mergulhados num mar de algoritmos, possibilidades diversas de redes sociais e aparatos tecnológicos que avançam muito depressa”, detalhou o cantor. As informações são do Metro 1.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios