CidadesCuriosidadesEditorialMenu PrincipalTop
Trending

#Polêmica: Luciano Hang reage a meme que diz; “Havan, aqui vendemos até a mãe”

No prontuário médico de Regina Hang, que morreu em fevereiro, consta a informação de que ela recebeu o “Kit Covid”. Hang negou mais de uma vez que ela fez uso dos medicamentos.

O empresário Luciano Hang reagiu indignado nesta sexta-feira (24), a um meme que circula nas redes sociais com o logotipo da sua loja, a Havan, seguido da frase: “aqui vendemos até a mãe”.

O meme foi repostado pelo jornalista Guga Noblat com o texto: “O cara mata a mãe com remédio ineficaz e depois falsifica o atestado de óbito. É o Nardoni ao contrário”.

“Chegamos ao fundo do poço. Como alguém pode atacar a mãe das pessoas por ideologia? A mãe é o bem mais precioso nas nossas vidas, até mesmo desses bandidos que conhecemos por aí. E, pela minha, eu fiz o possível e impossível durante o tempo em que a tive ao meu lado”, reagiu Hang.

Empresário teria mentido
A CPI do Genocídio apresentou na tarde desta quarta-feira (22) o prontuário médico de Regina Hang, falecida em fevereiro deste ano, e no documento consta a informação de que a paciente recebeu o tal “Kit Covid”, um apanhado de medicamentos sem qualquer eficácia contra Síndrome Respiratória Aguda Grave provocada pelo Sars-Cov-2. Seu filho, bolsonarista convicto, havia negado mais de uma vez que Regina fizera uso de tais medicamentos.

Um dossiê elaborado por 15 médicos que afirmam ter trabalhado na Prevent Senior, e que foi entregue à CPI da Covid, revela que a declaração de óbito da mãe do empresário Luciano Hang, Regina Hang, “foi fraudada”.

De acordo com os médicos, a suposta fraude no óbito de Regina Hang “é um dos inúmeros casos que não foram devidamente noticiados”. As informações são da Revista Fórum.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios