Copa 2014: Em jogo de quatro gols, Bósnia vence o Irã na Fonte Nova

Postado em jun 25 2014 - 5:00pm por Jornal da Chapada
ira

O primeiro gol veio aos 23 minutos com um chute de fora da área do atacante bósnio Dzeko | FOTO: Reprodução |

A Bósnia-Herzegovina venceu o Irã por 3 a 1, na Arena Fonte Nova, em Salvador, e acabou com o sonho de classificação do time iraniano. A seleção do Oriente Médio precisava vencer e torcer por um tropeço da Nigéria contra a Argentina. Com os jogos do grupo F ocorrendo simultaneamente, a vitória do time argentino sobre a Nigéria favorecia o Irã. A Argentina venceu por 3 a 2, mas não adiantou: a vitória veio para o já eliminado time do Leste Europeu. Mesmo precisando da vitória para se classificar, o time do Irã começou o jogo todo recuado. Em um primeiro com apenas oito chaces de gol, a Bósnia foi melhor em campo, teve 66% de posse de bola e finalizou seis vezes contra apenas duas do Irã.

O primeiro gol veio aos 23 minutos com um chute de fora da área do atacante bósnio Dzeko. O camisa 11, que joga no Manchester City, da Inglaterra, bateu de canhota, sem chances para o goleiro Haghighi. As chances iranianas vieram logo depois do gol bósnio. Aos 24 minutos, Reza chutou da entrada da área, mas a bola bateu na trave. O time ainda teve aoportunidade de marcar aos 31 minutos, Dejagah levanta na área da Bósnia, mas o juiz marca impedimento de Reza. No final do primeiro tempo, a Bósnia teve chance de ampliar com Vrsajevic, que entrou livre na área e errou a finalização mandando a bola para longe.

O segundo tempo foi mais disputado, mas também foi dominado pela equipe da Bósnia. Numa falha do zagueiro Hosseini, aos 14 minutos, Pjanic, capitão do time bósnio, marcou o segundo gol da equipe. A reação iraniana veio após uma falha da defesa da Bósnia. Hosseini cruzou para o atacante Reza marcar o primeiro e único gol do Irã nesta Copa. O gol animou a torcida iraniana, que fez a festa na Fonte Nova. Aos 38 minutos do segundo tempo, Vrsajevic entra pelo lado direito da área iraniana e bate no canto do goleiro Haghighi para ampliar o placar. O gol do meio-campista bósnio fechou o placar, para a tristeza da torcida iraniana, que, em maioria na Fonte Nova, incentivou o time durante toda a partida.

A Bósnia volta para casa com duas derrotas e uma vitória. Perdeu os dois primeiros jogos, por 2 a 1 contra Argentina e 1 a 0 contra a Nigéria. Venceu o terceiro jogo contra o Irã, já desclassificado. O Irã começou o jogo com uma campanha melhor que a de seu adversário. Empatou com a Nigéria em 0 a 0 no primeiro jogo do Mundial e perdeu de 1 a 0 para Argentina. Da Agência Brasil.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.