Chile diz que explosão no metrô de Santiago foi ‘ato terrorista’

Postado em set 8 2014 - 4:04pm por Jornal da Chapada
chile

Sete pessoas ficaram feridas na estação Escuela Militar. Extintor com pólvora explodiu dentro de cesto de lixo, dizem fontes | FOTO: Ilustrativa |

O governo do Chile condenou a explosão no metrô de Santiago nesta segunda-feira (8) e a classificou como “ato terrorista”, informa a agência de notícias France Presse. “Pessoas inocentes foram afetadas por este ato terrorista. O governo vai recorrer à Lei Antiterrorista”, afirmou o porta-voz do governo chileno, Álvaro Elizalde. A explosão deixou pelo menos sete pessoas feridas, algumas delas em estado grave. Um dos feridos teve os dedos de uma mão amputados, informa a Associated Press. De acordo com informações publicadas pelo portal de noticias Emol, a explosão ocorreu por volta das 14h locais (mesmo horário no Brasil) na estação Escuela Militar.

Fontes ligadas à investigação disseram que um extintor com pólvora explodiu dentro de um cesto de lixo que fica perto de um estabelecimento que vende comida na galeria subterrânea que está conectada com a estação de metrô. Neste ano, 28 bombas explodiram em diversos lugares da cidade, uma delas em outra estação de metrõ. Devido a uma intensa campanha policial os ataques diminuiram há cerca de um mês. A policia, os bombeiros e ambulâncias trabalham no local. Do Portal G1.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.