Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo

Quatro corpos celestes estarão visíveis esta semana no céu

nebulosa
Imagem da Nebulosa Saturno| FOTO: Reprodução/Wikipédia |

A população terráquea terá a chance de observar quatro corpos celestes no céu esta semana. A Nebulosa Saturno, as Fomalhaut e Enif, Netuno e a Constelação de Peixes serão avistadas facilmente da Terra. Nesta quinta-feira (27), a menos de dois graus à direita da Lua crescente, a pequena, porém brilhante, Nebulosa Saturno poderá ser vista da Terra com um mero telescópio doméstico. De aparência semelhante ao planeta homônimo, este objeto celeste localizado a 3.900 anos-luz da Terra é composto por restos gasosos de uma estrela solar.

fotos
As duas estrelas mais brilhantes do céu da primavera Fomalhaut e Enif

Já na sexta-feira (28), o satélite natural da Terra poderá ser visto entre duas das mais brilhantes estrelas do céu da primavera. Enquanto do lado inferior esquerdo da Lua estará Fomalhaut, da constelação de Peixe Austral, no canto superior direito estará Enif, considerada o nariz da constelação de Pegasus.

netuno
Netuno | FOTO: Reprodução / Wikipédia |

O oitavo planeta do Sistema Solar, o azul de Netuno também poderá ser visto nesta sexta-feira (28) com as estrelas da constelação de Aquário ao fundo, a cinco graus da Lua. Localizado há cerca 4,5 bilhões de quilômetros do Sol, o planeta passou a ser considerado o último de nosso sistema após a reclassificação de Plutão para planeta-anão, em 2006.

diadema
A constelação de Peixes | FOTO: Reprodução/Wikipédia |

Já no domingo (30), a Lua minguante poderá ser vista enquanto desliza pelo céu do Sul, até a constelação de Peixes. Ao bloquear o brilho do satélite natural da Terra com a palma da mão, será possível observar, à direita, o padrão estelar chamado de Diadema, que se estende por cerca de cinco graus no céu. Com informações do jornal O Globo.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios