Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

PGM pede suspensão de liminar contra aumento de passagem de transporte em Juazeiro

prefeito
O prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB) | FOTO: Reprodução |

A Procuradoria Geral do Município (PGM) de Juazeiro, a pedido do prefeito Isaac Carvalho (PCdoB), entrou com pedido de suspensão de liminar que concede à empresa Contravasf a autorização para aumentar a tarifa de ônibus. Com a decisão, a empresa reajustou o valor das passagens de R$ 2,35 para R$ 2,60 na área urbana e de R$ 2,80 para R$ 3,20 para as localidades de Rodeadouro e Jardim Primavera. No pedido encaminhado ao Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), o Município argumenta que pelas características do serviço prestado pela Contravasf, a revisão das tarifas só pode ser feita nas condições impostas pela prefeitura, “nunca no interesse secundário e financeiro da permissionária”.

Além do acionamento da Justiça, o caso foi levada para discussão no Conselho Municipal de Transportes Coletivos. Membros de movimentos sociais e sindicatos também manifestaram repúdio contra o aumento e o desejo de discutir a qualidade do transporte coletivo e os projetos de implantação do Bilhete Único e do Passe Livre. Integram o movimento União da Juventude Socialista (UJS), o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro (STR), o Sindicato dos Bancários, a União Brasileira de Mulheres (UBM), a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), a Fundação Projeto Sopão, o Conselho Municipal da Juventude, e a União Brasileira de Estudantes Secundaristas (UBES). As informações são do site Bahia Notícias.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios