CidadesCulturaCuriosidadesMenu Principal

Chapada: Feira de tradições culturais acontece em fevereiro no município de Jacobina

cultural
Evento abordará as manifestações culturais do Território Piemonte da Diamantina entre os dias 6 e 7 de fevereiro | FOTO: Reprodução/Augusto Urgente |

Nos dias 6 e 7 de fevereiro a população regional poderá conhecer um pouco mais da arte e cultura do território de identidade do Piemonte da Diamantina. É que neste período Jacobina estará sediando a I Feira de Tradições Culturais do Piemonte da Diamantina (Fetrac), com mais de 20 expositores dos municípios de Umburanas, Ourolândia, Várzea Nova, Mirangaba, Miguel Calmon, Jacobina, Caém, Saúde, Serrolândia e Capim Grosso. Aprovada no Edital Territórios Culturais, da Secretaria de Cultura da Bahia, o evento gratuito, que será realizado na Praça da Missão, das 8h às 18h, tem o objetivo de apoiar propostas de cooperação e intercâmbio culturais entre os municípios do mesmo território.

No local, os visitantes poderão conferir a Feira de Economia Solidária e exposições de produtos de artistas da região, como pinturas, além de shows musicais e manifestações culturais. O projeto contempla, ainda, o registro das apresentações e demais atividades programadas, através da produção de DVD. Já estão confirmadas as apresentações musicais de Raphael Barbosa e Joan Sodré e 14 manifestações culturais originárias dos municípios que compõem o território.

Integra também a programação da Fetrac o Fórum de Mobilização Cultural, que vai debater a implementação dos sistemas municipais de cultura da região, a partir da territorialização cultural, empreendedorismo e economia criativa. Representantes de entidades como a Secretaria Estadual de Cultura (Secult), a Secretaria de Planejamento da Bahia (Seplan) e o Sebrae participam do fórum. As inscrições são gratuitas e acontecem na Praça da Missão, nos dois dias de evento.

O gerente regional do Sebrae Jacobina, Geronilson Ferreira, destaca a importância de abordar a cultura de uma forma mais ampla e de oferecer aos participantes a discussão de temas como ‘economia criativa’ e ‘empreendedorismo cultural’, que serão trabalhados pela instituição durante o fórum. “Buscamos com essa discussão estimular e aperfeiçoar a produção e a gestão dos negócios culturais”, explica.

Para o idealizador e coordenador técnico da Fetrac, Richard Ferreira da Silva, também secretário do Conselho de Desenvolvimento Rural e Sustentável do Piemonte da Diamantina (Codep), o evento surge como uma solução a demandas apresentadas na área cultural, democratizando o acesso aos bens culturais da região. “Além disso, a realização do fórum se deve à necessidade e oportunidade de dialogar em conjunto com o poder público e a sociedade civil, mostrando a sua importância para sustentabilidade e democratização do acesso das culturas locais”, completa.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas