CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

Feriado deve movimentar 55 mil pessoas na Rodoviária de Salvador

foto
Segundo a Agerba, já é possível antecipar a compra de passagens | FOTO: Reprodução/Jornal Grande Bahia |

A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) estima que cerca de 55 mil pessoas devem embarcar na capital baiana, no período de 17 a 21 de abril, com destino ao interior do estado. Para atender ao aumento do fluxo nos embarques, serão disponibilizados 120 horários extras, além dos 540 regulares, no Terminal Rodoviário.

Segundo a Agerba, já é possível antecipar a compra de passagens. Porto Seguro, Itacaré, Ilhéus, Vitória da Conquista, Juazeiro, Barreiras, Lençóis, todo o Recôncavo e a Região Metropolitana de Salvador (RMS) são os destinos mais procurados. Para não perder o horário do embarque e evitar transtornos, os passageiros devem chegar à Rodoviária com 20 minutos de antecedência. Para não pegar filas nos guichês, orienta-se que os bilhetes sejam comprados e emitidos antes do dia da viagem.

A Agerba ainda recomenda aos usuários do sistema intermunicipal que evitem o transporte clandestino. Os veículos irregulares não oferecem segurança, pois não são vistoriados e, em caso de acidente, deixam os usuários sem qualquer cobertura de seguro. É preciso muito cuidado, pois o número de acidentes nas estradas envolvendo esse tipo de transporte cresce em períodos de festas e feriados prolongados.

Para saber se um ônibus é do sistema regular e não clandestino, basta verificar se o veículo tem o selo e o número de ordem da Agerba, colocados sempre em locais visíveis da chaparia ou no interior do veículo, e o Certificado de Autorização de Tráfego (CAT). Reclamações podem ser feitas à Ouvidoria da Agerba, de segunda-feira a domingo, inclusive nos feriados, ou por meio do telefone 0800 71 0080 (ligação grátis).

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios