Valmir lamenta falecimento do deputado pernambucano Manoel Santos

Postado em abr 20 2015 - 1:55pm por Jornal da Chapada
foto

Delegados do Congresso Nacional da EPS homenagearam Manoel Santos em Aracaju | FOTO: Divulgação |

A notícia do falecimento do deputado estadual por Pernambuco Manoel Santos (PT) foi recebida com consternação pelo parlamentar federal baiano Valmir Assunção (PT-BA). Santos faleceu neste domingo (19), devido a um câncer no esôfago, que vinha sendo tratado desde 2014. Nas últimas semanas, o pernambucano ficou internado no hospital da Beneficência Portuguesa, em São Paulo, onde faleceu. “Será sempre uma referência para quem luta pela reforma agrária neste país. Manoel Santos teve importante atuação em defesa dos trabalhadores e trabalhadoras rurais e chegou a ser presidente da Contag [a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura], além de ter sido eleito em 2014, com 42.347 votos, recebendo expressivo apoio das organizações dos trabalhadores rurais de Pernambuco. É uma perda enorme para o movimento no país”, salienta Valmir.

Durante o Congresso Nacional da tendência interna do PT, Esquerda Popular Socialista (EPS), em Aracaju (SE), no último sábado (18), os delegados aprovaram por unanimidade nominar o evento como ‘Congresso Nacional da EPS companheiro Manoel Santos’. “Foi mais um gesto de que a luta dele continuará sendo reverberada pelo país e os movimentos sociais de luta pela terra continuarão cobrando igualdade social e reforma agrária popular. A atuação de Manoel não será esquecida”, completa Assunção. O pernambucano deixa esposa e quatro filhos e uma história de luta pelo desenvolvimento sustentável do campo. Ele atuava ainda como liderança do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR).

Perfil do deputado
Manoel José dos Santos nasceu no dia 7 de abril de 1952, na cidade de Serra Talhada, no Sertão pernambucano. Negro e agricultor familiar, começou a trabalhar na roça aos seis anos de idade, ingressou no movimento sindical aos 20 anos. Iniciou o seu trabalho nos movimentos sociais como Agente Pastoral da Ação Católica Rural (ACR), entre 1973 e 1978. Nessa época, filiou-se ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Serra Talhada (SRT). No período entre 1998 e 2009, Santos ocupou a presidência da Contag, que é a maior confederação de trabalhadores rurais da América Latina e uma das maiores do mundo. Foi também o primeiro secretário rural da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e dirigente-fundador do PT em Pernambuco.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.