Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu Principal

Políticos de oposição na Bahia apoiam ações do Movimento Brasil Livre

voto
Os políticos se reuniram com o coordenador do MBL Kim Kataguiri e representantes baianos, na Ceasinha do Rio Vermelho, em Salvador | FOTO: Divulgação |

“A juventude é o caminho para a mudança do Brasil”, afirmou o deputado federal José Carlos Aleluia, presidente estadual do Democratas, confirmando o seu apoio à bandeira do impeachment da presidente Dilma Rousseff, defendida pelo Movimento Brasil Livre (MBL). Aleluia e os deputados estaduais Sandro Régis (DEM), Pablo Barroso (DEM), Luciano Simões (PMDB) e Augusto Castro (PSDB) se reuniram com o coordenador nacional Kim Kataguiri e representantes baianos do MBL, na manhã desta terça-feira (09), na Ceasinha do Rio Vermelho.

No encontro do qual também participou o presidente da Juventude Democratas, Bruno Alves, Kim Kataguiri destacou que o MBL não pretende agir só nas ruas, mas institucionalmente. “Não somos antipolíticos nem antipartidários”, asseverou ao pedir o apoio dos deputados. Segundo ele, em curto prazo o objetivo do movimento é o impeachment de Dilma, mas em longo prazo o movimento pretende incluir na pauta da política nacional propostas liberais. “Defendemos a privatização da Petrobras, a diminuição de impostos e a redução da máquina pública de forma que o indivíduo tenha mais liberdade de empreender por conta própria. Queremos um país que seja menos do estado e mais do cidadão”, assinalou Kim.

O coordenador estadual, Ricardo Almeida, revelou a disposição do MBL de se inserir também no movimento estudantil, que atualmente é controlado pelos partidos de esquerda. “Já estamos participando de chapas pela disputa de diretórios acadêmicos”. Ele informou ainda que ações populares com panfletagens pelo impeachment de Dilma foram realizadas em Salvador e tiveram grande aceitação da população. Com relação à manifestação da próxima quinta-feira, às 16 horas, na Praça Brigadeiro Faria Rocha, no Rio Vermelho, defronte à entrada da Rua Fonte do Boi, onde fica o Hotel Pestana, local do Congresso do PT, Kim disse que será um ato de repúdio ao caderno de teses petistas.

“Esse conjunto de desvarios ideológicos desrespeita princípios básicos de nossa República, como a propriedade privada e a liberdade de imprensa. Vamos chamar a atenção do povo brasileiro para esses execráveis propósitos antidemocráticos e totalitários”, explicou o coordenador nacional do MBL. Kim Kataguiri vai estar na noite de hoje e na manhã desta quarta-feira, em Feira de Santana, onde o colaborador do movimento, o médico Eduardo Leite, organizou uma agenda com palestra e entrevistas à imprensa feirense.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios