Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu Principal

Blitzes abordam 62 mil pessoas e prendem 95 em sete dias

blitz
A PM também apreendeu 28 armas de fogo e recuperou 48 veículos roubados, após abordar 25 mil carros na capital e região metropolitana | FOTO: Reprodução/Secom |

Em apenas sete dias, a Polícia Militar da Bahia (PM-BA) alcançou resultados importantes no combate à criminalidade. Em Salvador, de 31 de agosto a 6 de setembro, 62.334 pessoas foram abordadas nas blitzes realizadas em diversos pontos da capital baiana. No total, 95 suspeitos foram presos em flagrante por porte ilegal de armas e/ou envolvimento com drogas. A PM também apreendeu 28 armas de fogo e recuperou 48 veículos roubados, após abordar 25 mil carros na capital e região metropolitana. Segundo o comandante de Operações da PM-BA, coronel Paulo Uzeda, os números correspondem aos efeitos da intensificação em 50% das operações policiais em todo o estado.

“A ideia é que as ações sejam constantes. Percebemos que, com elas, reduzimos índices que estavam sendo difíceis de controlar”, afirmou o oficial durante coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (9), no Quartel do Comando Geral da PM, no Largo dos Aflitos, onde os dados foram apresentados.

Roubos
A intensificação das blitzes contribuiu também para a redução em 27% dos roubos de veículos na capital baiana. Foram 84 ocorrências registradas na última semana – o menor índice do ano e muito abaixo da média estimada de 115 casos. Além disso, de 31 de agosto a 2 de setembro, não foi contabilizada nenhuma ocorrência referente a assaltos a coletivo. Salvador possui mais de 2.600 ônibus circulando em 600 linhas.

Outro ponto positivo foi a captura de três acusados de homicídios e tráfico de drogas, que há muito tempo eram procurados pela polícia. Alan Celestino, Dailton Lopes e um outro acusado de prenome Alexnaldo foram presos pelo Comando de Policiamento Regional Central.

Balanço das ações
No primeiro semestre deste ano, a PM abordou 1.046.840 carros e 2.426.371 pessoas, apreendeu 1.663 armas de fogo, recuperou 2.509 veículos e conduziu 16.314 pessoas às delegacias. Além disso, abordou 18.056 táxis e 17.460 coletivos, e registrou 3.103 ocorrências com drogas.

As ações garantem tranquilidade não apenas para os motoristas, mas também para os pedestres. “Vou todo dia de casa para o trabalho e do trabalho para casa a pé. Muitas vezes fico preocupado, a depender do trecho. Hoje passei e vi a polícia revistando pessoas e fiscalizando veículos e fiquei mais tranquilo. Onde tem policial, a gente se sente mais seguro”, ressaltou o auxiliar de cozinha Anselmo Maia.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios