“Erraram na forma e no mérito”, diz Solla sobre demissão na Sesab

Postado em nov 23 2015 - 6:10pm por Jornal da Chapada
foto5

Jorge Solla é deputado federal pelo PT | FOTO: Reprodução |

O deputado federal Jorge Solla (PT-BA) criticou em pronunciamento no plenário da Câmara de Deputados, nesta segunda-feira (23), a demissão da ex-diretora da Unidade de Emergência de Pirajá, Eliete Batista, que soube do afastamento somente quando publicado no Diário Oficial, na quinta-feira (19). “Foi exonerada sem receber sequer uma ligação para agradecer os serviços prestados”, disse. O deputado recordou que, quando fora secretário de Saúde do Estado, nomeou Eliete para a 1ª Diretoria Estadual de Saúde acatando uma indicação do deputado federal Márcio Marinho (PRB).

“Conheci seu trabalho e tive a grata satisfação de poder testemunhar o compromisso e dedicação dessa mulher. Depois da Dires ela assumiu a Unidade de Pirajá, que mais tinha dificuldade de se firmar no atendimento de urgência e emergência, e conseguiu ganhar o respeito não só dos profissionais, como também de toda a comunidade, que está revoltada com a exoneração e a com a forma como isso foi feito”, disse Solla.

O petista destaca o simbolismo da exoneração de Eliete pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), concretizada na véspera do Dia da Consciência Negra. “Esse dia foi marcado pela exoneração da única diretora de unidade de saúde do estado mulher, negra e deficiente física, que era reconhecida pela sua competência e foi demitida sem receber sequer uma ligação”, lamentou. Solla cobrou que a decisão fosse revista “imediatamente”.

Nesta segunda-feira, a associação de moradores Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento de Pirajá (NADP) entrou uma carta ao governador Rui Costa em que pede a restituição de Eliete no comando da unidade de saúde.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.