Projeto de Aleluia altera regimento da Câmara e institui voto aberto

Postado em nov 30 2015 - 10:39am por Jornal da Chapada
foto45

O deputado federal José Carlos Aleluia justifica o Projeto de Resolução que apresentou | FOTO: Reprodução |

“Vamos evitar na Câmara a confusão que se deu no Senado para a votação aberta do afastamento, manutenção da prisão e instauração de processo criminal contra o líder do governo, Delcídio Amaral”, afirmou o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) ao justificar o Projeto de Resolução que apresentou para alterar o Regimento Interno da Câmara dos Deputados.

De acordo com Aleluia, o voto aberto para casos deste tipo é previsto pela Constituição Federal desde a promulgação da Emenda Constitucional n° 76, de 28 de novembro de 2013, que restringiu o voto secreto apenas a algumas outras situações. “Houve a mudança na Constituição, mas tanto os regimentos da Câmara quanto do Senado permaneceram defasados. A proposta é atualizar o regimento da Câmara Federal em conformidade com a nossa Lei Magna”.

Para Aleluia, a manobra do presidente do Senado, Renan Calheiros, de tentar decidir em voto secreto o afastamento de Delcídio foi baseada nesta brecha do regimento do Senado. “Nós, da oposição, contestamos a iniciativa de Renan, fomos ao Supremo, onde conseguimos o acolhimento de medida liminar, impedindo a manobra, e ainda confirmamos em plenário, por esmagadora maioria, o voto aberto para a licença à instauração de processo criminal e manutenção da prisão contra o parlamentar”.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.