AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Governo informa que comprou R$ 500 mil em equipamentos para uso de brigadistas na Chapada Diamantina

foto5
Parte desse material será entregue para os representantes das brigadas, no grupamento do Corpo de Bombeiro de Lençóis, neste domingo | FOTO: Mateus Pereira/Secom |

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), comprou R$ 500 mil em Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para utilização dos brigadistas voluntários que atuam no combate aos incêndios na região da Chapada Diamantina. Parte desse material – que inclui luvas, máscaras, foice, abafadores, mochilas costais, facões, foices, pás, enxadas e fardamento – será entregue para os representantes das brigadas, no grupamento do Corpo de Bombeiro de Lençóis, neste domingo (13).

Segundo o secretário estadual do Meio Ambiente, Eugênio Spengler, a compra realizada pelo Governo neste sábado (12) busca oferecer melhores condições às pessoas comprometidas com o combate ao fogo na região. “Os equipamentos que serão entregues hoje [neste domingo, 13] irão substituir os EPI´s perdidos durante o combate ao fogo. Mais EPI´s serão encaminhados para Lençóis no decorrrer da semana”, frisou.

Leia também:
Novos incêndios atingem Barra da Estiva e Andaraí; Morro do Ouro e Roncador sob ameaça
Fogo na Chapada: Ventos fortes durante a noite aproximam chamas de casas de povoado no Vale do Capão
Situação volta a complicar na Chapada Diamantina; Capão, Ibicoara e Lençóis combatem chamas

foto5
Três helicópteros e seis aviões modelo air tractors auxiliam nos combates | FOTO: Mateus Pereira/Secom |

“O envolvimento dos brigadistas voluntários é imprescindível para apoiar as demais ações que a Sema e o Inema realizam no combate às queimadas e incêndios florestais”, acrescentou o titular da secretaria. O objetivo, segundo Spengler, é combater a incidência dos focos de calor e a propagação de incêndios florestais registrados durante o período de estiagem, que este ano está durando mais que o normal.

Os últimos focos de incêndios começaram na semana passada, em decorrência dos raios que surgiram na região. “Como houve pouca ocorrência de chuvas, existe a possibilidade destes raios, incidindo em áreas de vegetação mais seca, terem provocado o início de novos focos”, explicou o meteorologista do Inema, Heráclio Alves.

Atualmente, a operação coordenada pelo programa Bahia Sem Fogo na região conta com 60 bombeiros militares, 40 brigadistas, 8 peritos, quatro veículos tracionados (4×4), três helicópteros e seis aviões modelo air tractors (capazes de transportar até 3,8 mil litros d´água).

Leia também:
Previsão de final de semana com temperaturas elevadas na Chapada Diamantina
Brigada de Lençóis volta a reclamar de ações do poder público para combater o fogo; prefeitura rebate
Luta contra as chamas no Vale do Capão segue intensa e fogo volta a ameaçar nascente do Riachinho
Fogo na Chapada: Parque onde fica a Cachoeira do Buracão é fechado em Ibicoara

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas