Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Chapada: Governo entrega sistema de abastecimento e máquinas em assentamento de Marcionílio Souza

repro
A ação do governo terá a presença do chefe do Executivo | FOTO: Reprodução |

Um total de 1.843 habitantes do Assentamento Caxá, localizado a 18 quilômetros da sede municipal de Marcionílio Souza, na Chapada Diamantina, será beneficiado com o sistema de abastecimento de água que o governador Rui Costa inaugura, nesta sexta-feira (8), às 10h, na localidade. O governo baiano investiu R$ 1,4 milhão na obra, executada pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). Na ocasião, Rui ainda entrega quatro máquinas (caçamba, pá carregadeira, retroescavadeira e trator de esteira) ao Consórcio Desenvolvimento Sustentável Chapada Forte, resultado de parceria com o Ministério da Integração, que investiu R$ 1,53 milhão na aquisição dos equipamentos. Após a solenidade, às 11h30, o governador visita o Colégio Municipal Albertone Bloisi, também localizado no assentamento.

foto678
A meta do executivo estadual de universalizar a água, em especial nas comunidades mais vulneráveis | FOTO: Divulgação/SIHS |

Sobre o sistema
Através da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), o governo entrega o sistema que compreende instalação de linha de Adutora e Rede de distribuição de 19.465 metros; 160 ligações domiciliares e reservatório apoiado. De acordo com secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, a meta do executivo estadual de universalizar a água, em especial nas comunidades mais vulneráveis socialmente, engloba os assentamentos rurais, que há muito sofrem com a escassez em suas comunidades. “Ouvimos atentamente os movimentos e estamos avançando cada vez mais neste quesito, pois estamos certos da importância de levar esse líquido tão valioso para as vidas humanas e bem como para o desenvolvimento da região”, frisou.

Peixoto, lembra ainda o convênio firmado entre a SIHS e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), que resultará na implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água em 39 assentamentos no Estado. No total, a iniciativa vai alocar recursos da ordem de R$ 32 milhões, beneficiando mais de quatro mil famílias baianas, conforme convênio assinado entre o Instituto e o Governo da Bahia. Em 2016, a meta, conforme destaca o secretário, é que mais R$ 15 milhões sejam liberados. “E possamos levar água potável para um total de 22 localidades. Jornal da Chapada com informações da Secom e da SIHS.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios