CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

Universidades estaduais firmam convênio histórico de mobilidade estudantil

une
Entre os objetivos almejados pelas instituições, estão o de diversificar a aprendizagem e a formação dos discentes | FOTO: Reprodução |

As quatro universidades estaduais da Bahia (Ueba) assinaram um convênio que seguramente vai marcar a história da educação superior pública no estado. O acordo vai viabilizar a mobilidade estudantil entre essas instituições, beneficiando os discentes dos cursos de graduação. A parceria foi firmada em encontro do Fórum de Reitores das Ueba realizado na Reitoria da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus, em abril deste ano. Segundo os termos do convênio, a mobilidade estudantil visa promover o acesso do estudante à diversidade da cultura acadêmica das universidades conveniadas, favorecendo a ampliação de sua vivência sociocultural e oportunizando o acesso a componentes curriculares tendentes à integralização curricular.

Entre os objetivos almejados pelas instituições, estão o de diversificar a aprendizagem e a formação dos discentes, ampliar a percepção e os processos de construção do conhecimento e permitir aos graduandos em trânsito a possibilidade de integralização do currículo. Na avaliação reitor da Uneb, José Bites, esse convênio foi um passo fundamental dado pelo Fórum de Reitores no sentido de as Ueba avançarem em outros projetos estratégicos em comum. “Podemos desenvolver programas de parceria nas áreas de pós-graduação, de pesquisa, de fortalecimento dos campi e de modernização de gestão”, disse o reitor.

Segundo a reitora da Uesc, Adélia Pinheiro, presidente do Fórum de Reitores, o acordo além de enriquecer o percurso formativo dos estudantes, se configura em um marco de reconhecimento das Ueba como instituições coirmãs, que devem, por isso mesmo, se apoiarem. Mais informações no site www.uneb.br.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios