AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Finalmente um tucano foi preso, diz Suíca sobre detenção do presidente do PSDB de Goiás

foto67
É a famosa rabiada de tucano, depois querem atacar indiscriminadamente os esquerdistas” | FOTO: Reprodução |

A prisão do presidente do PSDB em Goiás, Afrêni Gonçalves Leite, pela Polícia Federal [PF], mexeu com a política, mas não foi um noticiário que marcou com os que acontecem quando alguém supostamente ligado ao PT é preso ou detido. O que tem de acontecer é que se puna todos e não apenas alguns, seja pelo linchamento midiático, seja pelos indícios encontrados em investigações da polícia e do Ministério Público”. O depoimento de indignação é do candidato à reeleição a vereador de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT), que nesta quarta-feira reverberou a Operação Decantação da PF.

Conforme informações oficiais, o presidente tucano é investigado por participar do desvio de cerca de R$ 4,5 milhões de reais da companhia Saneamento de Goiás (Saneago), cujo o presidente, José Taveira Rocha, também foi preso. Para Suíca, a situação se agrava pelo fato de Rocha ser o ex-presidente do Detran-GO e ex-secretário de Fazenda do governador Marconi Perillo.

“Esse pessoal desviava recursos federais dos PAC e de financiamentos do BNDES e da Caixa Econômica Federal para pagar políticos. Mesmo eles sendo da oposição, usavam dinheiro do governo federal para pagar propinas e dívidas de campanhas. É a famosa rabiada de tucano, depois querem atacar indiscriminadamente os esquerdistas”, completa.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios