Estudante baiana é empossada deputada jovem no Congresso Nacional

Postado em set 29 2016 - 11:16am por Jornal da Chapada
sec

Estudante, Emilly Maria Silva de Sena | FOTO: Reprodução/Ascom/Educação |

Esta semana é de muito aprendizado e de novas experiências para a estudante Emilly Maria Silva de Sena, 17 anos, do 3º ano do Colégio Estadual Governador Lomanto Junior, em Salvador. Às vésperas das eleições municipais, que irão ocorrer em todo o Brasil, ela está entre os 78 estudantes de todo o País empossados como deputados jovens e que vivenciam, por uma semana, a rotina parlamentar em Brasília. Eles foram selecionados para o programa Parlamento Jovem Brasileiro (PJB) 2016 e participam de diferentes atividades, até esta sexta-feira (30), no Distrito Federal.

Ao todo, 24 projetos do Estado concorreram às vagas oferecidas. O de Emilly determina que estudantes de universidades públicas ofereçam serviços gratuitos para a população, de acordo com a sua área de formação. Ao explicá-lo, ela salienta que “as universidades formam cabeças pensantes, pessoas com alto capital intelectual, as quais são a fonte de esperança em relação à melhoria de diversos setores importantes para o país, tais como Educação, Saúde, Economia, Política e demais ocupações. São indivíduos que deverão ser o exemplo de amor pela profissão aliado com a excelência na execução de suas tarefas. Os mecanismos oferecidos pelo projeto podem implantar, ideologicamente, no cérebro do estudante universitário, ideias, inovações, tecnologias e protagonismo – aspectos que devem ser canalizados para o usufruto do Brasil”.

Sobre a experiência em Brasília, Emilly se diz “muito realizada, não só pela experiência da rotina de um parlamentar, mas, principalmente, por representar a Bahia e os estudantes da rede pública estadual”. O que mais gostou de fazer, segundo ela, “foi relatar sobre o meu projeto, pois tivemos a oportunidade de conhecer e compreender melhor a nossa Constituição. O dia a dia de um parlamentar é bem corrido e pude aprender muitas coisas e isso vai facilitar muito para que eu possa cobrar também deles”.

Emilly pretende levar a experiência para a sua vida. “Dentre tantas coisas que levarei de bagagem para socializar com os colegas, uma delas é a pluralidade de idéias, de conhecimento político e regional, além de saber respeitar as ideias dos outros, que muitas vezes são divergente”. Entre as atividades da qual Emilly participa em Brasília estão a visita ao Congresso Nacional, criação dos partidos políticos do PJB, eleição dos líderes e formação de chapas, palestra sobre protagonismo juvenil e a experiência no PJB, reunião de líderes e de partidos jovens, além de entrega de certificados e confraternização.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.