Médicos cubanos chegam à Chapada Diamantina para assumir postos de trabalho

Postado em out 6 2016 - 1:32pm por Jornal da Chapada
reprodu

Três anos após o início do programa Mais Médicos, o atendimento de Saúde da Família já chega a cerca de 72% dos baianos | FOTO: Reprodução |

Os municípios de Barra da Estiva, Jacobina, Miguel Calmon e Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, estão entre os 30 localizados na Bahia que irão receber os trinta e oito médicos cubanos do programa Mais Médicos que chegaram, na última segunda-feira (3), na Base Aérea de Salvador. Estes profissionais são os cooperados de reposição para as cidades em que substituirão aqueles médicos que solicitaram fim de missão ou não retornaram do recesso por algum motivo. Após a chegada, eles foram encaminhados para o Hotel da Marinha, na Barra e, na terça-feira (4), já seguiram para os municípios.

Para o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, a expansão e democratização no acesso à saúde são marcas do Mais Médicos. “Antes desse programa, nós tínhamos dificuldade para levar a assistência médica aos rincões mais distantes do interior, inclusive em comunidades indígenas. A partir de então, temos a possibilidade de garantir a presença de um médico durante a maior parte do dia e da semana em diversos municípios”.

A médica Yudeisy Morales Gibert é uma das profissionais que começará a atuar na Bahia. Ela integrará uma equipe de saúde da família do município de Medeiros Neto, no extremo sul baiano. A médica explica que, além das consultas, pretende promover diversos trabalhos na comunidade em que atenderá, a exemplo de palestras informativas. “Quero contribuir para melhorar a qualidade de vida da população da localidade onde irei trabalhar”, afirmou Yudeisy, que disse estar ansiosa pelo início das atividades.

Em julho de 2013, quando o Programa Mais Médicos foi lançado pelo Governo Federal com apoio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), a cobertura da Atenção Básica na Bahia era de cerca de 60%. Três anos após o início do programa, o atendimento de Saúde da Família já chega a cerca de 72% dos baianos, que contam com 3.353 Equipes de Saúde da Família (ESF). Com informações do Morro Notícias.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.