Chapada Diamantina deve ter temperaturas mínimas de 16°C neste final de semana

Postado em nov 25 2016 - 6:31pm por Jornal da Chapada
lençois

Lençóis, por exemplo, terá temperaturas mínimas entre 18 e 19°C nos próximos dias | FOTO: Jornal da Chapada |

As condições do tempo previstas para os próximos dias na Bahia, que inclui o final de semana, não deverão ter mudanças significativas, pois a massa de ar quente e seco continua se intensificando, o que deverá manter a nebulosidade e as chuvas reduzidas na maior parte do Estado. Além de deixar o tempo seco, a atuação dessa massa de ar também está favorecendo a elevação das temperaturas em, praticamente, toda a Bahia. No entanto, os maiores índices são esperados para as regiões Oeste, São Francisco, Norte e Nordeste, com máximas variando de 36°C a 38°C. Ainda assim, estão previstas temperaturas mais amenas em algumas localidades, a exemplo das áreas serranas da Chapada Diamantina e Sudoeste, onde as mínimas poderão chegar aos 16°C.

Nas regiões Sul e Sudoeste, onde essa massa de ar influencia com menos intensidade, a umidade vinda do Oceano Atlântico é quem continua contribuindo para a ocorrência de chuvas fracas. Além disso, uma frente fria que está avançando pelo Sudeste brasileiro poderá intensificar essa umidade e, consequentemente, as chuvas, sobretudo nas localidades mais próximas ao litoral. Para a cidade de Salvador e região metropolitana, onde essa massa de ar está atuando, o predomínio será de céu parcialmente nublado a claro, com poucas chances de chuvas. As temperaturas na capital baiana também se manterão elevadas, com valores oscilando entre mínimas de 22°C e máximas de 32°C.

tempo

Áreas serranas da Chapada Diamantina e Sudoeste podem ter mínimas de 16°C | FOTO: Divulgação/Inema |

Maré
Entre os dias 25/11 (sexta-feira) e 27/11/2016 (domingo), a maré deverá atingir sua altura máxima no período entre 01h às 03h e entre 13h às 15h com valores variando de 1,8 a 2,6 metros. Já as alturas mínimas deverão ser registradas no período entre 07h às 09h e entre 19h às 21h, com valores variando de 0,4 a 0,8 metro. As ondas previstas deverão ter agitação fraca, com altura máxima podendo chegar a 1,5 metro.

Índice de Radiação Ultravioleta
Uma das características da primavera é a elevação nos Índices de Radiação Solar e, consequentemente, da Radiação Ultravioleta (IUV’s). Tal mudança é mais frequente na primeira metade da estação quando há predomínio de céu com poucas nuvens. Na segunda metade dessa estação, quando o céu fica mais encoberto pela nebulosidade, estes IUV’s também permanecem elevados, a exemplo do que estão previstos para o período entre os dias 25/11 (sexta-feira) e 27/11 (domingo), quando deverão variar de 13 a 14.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) estes Índices estão classificados na categoria “Extrema”, o que requer cuidados quanto exposição prolongada à radiação solar. Com isso, recomenda-se usar protetor/filtro solar, chapéus, bonés, óculos escuros e roupas leves, sobretudo, nos horários das 10h às 16h. Esses cuidados são essenciais, pois poderão minimizar danos à saúde, uma vez que, nesse intervalo de tempo os efeitos dos raios solares são maiores. As informações são do Inema.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.