Umidade continua influenciando o tempo na Chapada Diamantina nos próximos dias

Postado em dez 20 2016 - 5:56pm por Jornal da Chapada
foto

Imagem registra nuvens densas e escuras na cidade de Itaberaba, nesta terça-feira | FOTO: Leitor do JC/WhatsApp |

O verão começa com poucas mudanças nas condições do tempo na Bahia, principalmente em relação às chuvas, pois, assim como nos últimos dias da primavera, estas deverão se concentrar nas regiões mais próximas ao litoral. Tal condição se deve aos ventos úmidos que sopram do Oceano Atlântico, aumentando, assim, a nebulosidade e as chances de chuvas nas regiões do Recôncavo, Nordeste e Sul. Além dessa umidade, as temperaturas elevadas (com máximas podendo chegar aos 34°C) também deverão contribuir para intensificar essas chuvas, sobretudo no Recôncavo e Sul, onde não está descartada a possibilidade de que estas venham acompanhadas de trovoadas. É sempre bom lembrar que, durante essa estação (verão), os eventos de chuvas mais intensos são mais frequentes no final da tarde e durante a noite.

Nas regiões da Chapada Diamantina e Sudoeste, onde a umidade vinda do Oceano Atlântico continua influenciando o tempo, aumentando a nebulosidade nessas áreas, as chuvas previstas deverão ser de fraca intensidade. Também são nessas regiões que se esperam as menores temperaturas do Estado, com mínimas de até 16°C, principalmente durante a madrugada e nas primeiras horas da manhã, especificamente nas áreas serranas. Nas regiões Oeste, São Francisco e Norte o predomínio é de céu parcialmente nublado e sem chuvas na maior parte do período. Mesmo assim, a instabilidade causada pelo tempo quente e o aumento na umidade do ar, poderá trazer chuvas fracas para algumas localidades no extremo oeste da Bahia. As temperaturas nessas regiões continuam sendo as mais elevadas do Estado, com máximas variando entre 34°C e 36°C.

Para a cidade de Salvador e região metropolitana os ventos úmidos que sopram do Oceano Atlântico, somado as temperaturas elevadas, continuam sendo os principais responsáveis por manter o céu encoberto e chuvoso nesse início de verão. As temperaturas na capital baiana também serão típicas da estação, com valores variando entre mínimas de 22°C e máximas de 32°C. Com a chegada do verão, as temperaturas se elevam e as chuvas ficam mais intensas. Com isso, o aumento da nebulosidade reduz a incidência de radiação solar e, consequentemente, nos Índices de Radiação Ultravioleta (IUV’s).

Tal redução pode ser vista na previsão para os dias 21/12 (quarta-feira) e 22/12 (quinta-feira), quando os IUV’s deverão variar de 12 a 13, o que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), fazem parte da categoria de intensidade “Extrema”. Com isso, os cuidados quanto à exposição prolongada à radiação solar deverão ser redobrados, principalmente, nos horários das 10 às 16 h quando há maior incidência dessa radiação. Assim, recomenda-se a utilização de protetor/filtro solar, chapéus, bonés, óculos escuros e roupas leves, o que poderá minimizar os danos causados a saúde. As informações são do Inema.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.