Chapada: Familiares de homem morto em Mucugê alegam inocência

Postado em dez 29 2016 - 11:36am por Jornal da Chapada
mucuge

Os familiares ainda declararam que Junior de Linda foi “uma vítima da crueldade e da injustiça” | FOTO: Reprodução/Arquivo/TV Record |

Os familiares de Gilmar Costa Borges, conhecido como ‘Junior de Linda’, que morreu em confronto com a polícia, conforme nota da Ascom da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe-Chapada), afirmaram, em contato com o Jornal da Chapada, que têm “toda convicção que o mesmo não portava nenhum tipo de arma nem estava cometendo nenhum tipo de atrocidade durante o ocorrido fato”.

Eles afirmam que a morte de Junior foi cruel e sem revide. Os familiares ainda declararam “que Júnior em toda sua vida nunca cometeu nenhum delito como tirar a vida de alguém, estrupo” e seria “uma vítima da crueldade e da injustiça”. A mãe dele, Fabiana Britto, disse inclusive que não existe, também, nenhum áudio com a voz dele dizendo que iria atear fogo em prédios públicos e aterrorizar a cidade.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.