Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Deputado quer mais investimentos para blocos afros promoverem a Bahia

ilê
Valmir Assunção diz que vai lutar por mais projetos que viabilizem a promoção da cultura de matriz africana na Bahia | FOTO: Reprodução |

Os investimentos financeiros para blocos afros na Bahia precisam de reajustes, e novos projetos culturais devem ser criados. É o que cobra o deputado baiano Valmir Assunção (PT), que defende maior volume de recursos para eventos que exaltam a cultura negra do estado. Em pronunciamento no plenário da Câmara Federal, na última semana, o parlamentar disse que vai lutar por mais projetos que viabilizem a promoção da cultura de matriz africana na Bahia.

Assunção apontou para a diminuição dos incentivos à cultura pela Caixa Econômica Federal e pela Petrobras, principalmente em relação aos blocos. Para o deputado, diante do que chamou de “falta de compromisso com o povo negro do governo federal”, o governo da Bahia deve dialogar com as agremiações e buscar uma solução para o tema. “Vou sugerir ao governador Rui Costa, que receba os blocos afros, para discutir essa questão. Sabemos que a população negra enfrenta uma crise desde o descobrimento do Brasil. Essa não pode ser a desculpa para o governo golpista de Michel Temer não apoiá-los”.

O deputado esteve na 38ª Noite da Beleza Negra, um concurso de iniciativa do Ilê Aiyê, realizado na Senzala do Barro Preto, no Curuzu, no bairro da Liberdade, semana passada. “Parabenizo toda a direção do Ilê Aiyê, sobretudo o seu presidente, Vovô do Ilê. Lá eu tive a oportunidade de encontrar diversas lideranças dos blocos afros da Bahia, sobretudo de Salvador e debatemos o assunto de forma breve. São os blocos afros que expõem a cultura do estado em outras regiões do país e até do mundo e isso precisa de mais investimentos”.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios