Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia

PRF divulga balanço da Operação Carnaval 2017 com 95 acidentes nas rodovias federais da Bahia

prf
Em 2016, foram 13 mortes distribuídas em 11 acidentes; neste ano, 14 em nove | FOTO: Arquivo/PRF |

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) conseguiu aumentar o número de veículos fiscalizados, em 27,93%, e o aumento de autos de infração emitidos em 123,93%, na Operação Carnaval deste ano. Apesar dos esforços da fiscalização, a Operação Carnaval 2017 registrou 95 acidentes nas rodovias federais da Bahia. Destes, 23 foram considerados graves, aqueles em que há pelo menos um ferido grave ou uma pessoa morta. No período, 14 pessoas morreram, sendo os óbitos distribuídos em nove acidentes. Embora o número total de vítimas fatais tenha crescido, a análise dos números do ano passado revela uma redução de 18,18% na quantidade de acidentes em que houve morte, o que aponta para uma maior letalidade nas ocorrências de 2017.

Em 2016, foram 13 mortes distribuídas em 11 acidentes; neste ano, 14 em nove. Foi registrado aumento acentuado nas condutas que mais comprometem a segurança viária, como o uso de álcool ao volante, as ultrapassagens proibidas e o excesso de velocidade. Em 2016, a Operação Carnaval submeteu 4420 motoristas ao teste de etilômetro e flagrou 165 condutores dirigindo sob efeito do álcool. Neste ano foram 6889 testes e 171 resultados positivos, aumento de 3,63%. Com relação à velocidade, os radares dispostos ao longo das rodovias flagraram 25809 veículos transitando em excesso de velocidade, sendo 5834 imagens capturadas pelos radares estáticos, operados pelo policial, e 19975 pelos equipamentos fixos instalados nas BRs 324 e 116.

Nos seis dias de Operação, foram identificados 161 veículos cujas irregularidades comprometiam a segurança do trânsito. Por essa razão, foram retirados de circulação e enviados para os pátios. No último Carnaval foram 79 veículos nessas condições. Recuperação de veículos Paralelamente à fiscalização de trânsito, a PRF desenvolveu o combate à criminalidade, inibindo ações criminosas contra os usuários das rodovias e impedindo que armas e drogas chegassem às regiões de maior concentração de pessoas. Em todo o estado, os policiais prenderam 35 pessoas por crimes diversos, recuperam 13 veículos roubados e apreenderam duas armas de fogo e dez munições. Cerca de 160g de cocaína, maconha e haxixe foram apreendidos durante a Operação.

Brasil
O feriado de carnaval teve menos acidentes nas rodovias federais, mas o número de mortes aumentou, segundo balanço divulgado na última quarta-feira (2) pela PRF. Entre 24 de fevereiro e quarta-feira (1º), período da Operação Carnaval, foram registrados 1.696 acidentes nas rodovias federais, número 5,3% menor que no ano passado. No entanto, 140 pessoas morreram, 27 a mais que no carnaval de 2016. Um fator que contribuiu para esse resultado foi a ocorrência de acidentes com múltiplos óbitos. O exemplo mais crítico foi em uma rodovia em Goiás, em que oito pessoas morreram em um único acidente. Apenas 11 acidentes foram responsáveis por 44 mortes, uma média de 4 mortes por ocorrência. Destes acidentes, 10 foram colisões frontais, algo que, segundo a PRF, geralmente ocorre como resultado de ultrapassagens indevidas e de excesso de velocidade. Jornal da Chapada com informações da PRF.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios