Chapada: Protesto em Palmeiras cobra apuração e punição para assassinos de idosos

Publicidade
Postado em abr 7 2017 - 1:06pm por Jornal da Chapada
foto

Manifestantes tomam as ruas da cidade em luto pela morte do casal de idosos | FOTO: Divulgação |

A manhã desta sexta-feira (7) foi de protesto na cidade de Palmeiras, na Chapada Diamantina. Manifestantes tomaram as ruas para cobrar apuração e punição para os assassinos de um casal de idosos. João Celestino de Souza e Edith Calixto de Souza, de 67 e 66 anos respectivamente, foram mortos no dia 7 de março deste ano e o crime segue sob investigação da polícia local. O casal foi encontrado morto dentro de casa com ferimentos no crânio e a mulher com uma mordaça.

Os manifestantes informam, em contato com o Jornal da Chapada, que “o ato também foi uma forma de homenagear as vítimas do duplo latrocínio e protestar contra a falta de segurança, e o alto índice de violência, que está crescendo no município”. Conforme relatos, a manifestação saiu pelas ruas e parou em frente ao Fórum de Palmeiras, onde os moradores fizeram um minuto de silêncio. “Depois disso, seguimos até a casa onde aconteceu o crime e depois descemos a delegacia”, aponta um dos organizadores.

O delegado substituto de Palmeiras, Luís Henrique Alves da Costa, responsável pelas investigações, falou ao Jornal da Chapada, esta semana, que não pode dar muitos detalhes para não atrapalhar os trabalhos da polícia, mas confirmou que se trata de um duplo latrocínio, roubo seguido de morte. “É uma investigação mais complicada do que parece, mas está em andamento. As vítimas não tinham inimigos e o modo do crime todo indica latrocínio”, afirmou Costa.

Jornal da Chapada

Confira mais imagens do protesto

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.