Rodoviária de Salvador oferece 1,6 mil horários extras na semana do São João da Bahia

foto

Entre os destinos mais procurados no período do São João estão as cidades do Recôncavo Baiano, a exemplo de Amargosa, Cruz das Almas e Santo Antônio de Jesus, além de municípios como Senhor do Bonfim, Irecê e Litoral Norte e Sul do estado | FOTO: Divulgação/Carol Garcia/Secom |

As bandeirolas, os chapéus de palha e os balões enfeitando o Terminal Rodoviário de Salvador já anunciam a Operação São João. Entre este domingo (18) e o dia 24, a Rodoviária da capital deve receber cerca de 170 mil pessoas em direção ao interior do estado. São baianos e turistas que terão à disposição mais 1,6 mil horários extras de ônibus, além dos 540 regulares. Para garantir a segurança e regularidade do transporte de passageiros na Bahia, também serão realizadas blitzes e fiscalizações nas rodovias federais e estaduais e disponibilizados horários extras no Sistema Ferry Boat.

A operação, organizada pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), garante mais opções de viagens, promove a segurança no trânsito e ainda combate o transporte clandestino. De acordo com o coordenador de fiscalização da Agerba, Abd-ul-Ramid, serão realizadas operações de fiscalização em conjunto com as polícias rodoviárias Estadual e Federal nas principais estradas de circulação nesse período, como BR-324, BR-101 e BR-110 e as BAs 099 e 093.

“É importante que o usuário use um transporte seguro. Os ônibus que saem da Rodoviária são mais seguros, com certificado de vistoria e documentação regular exigida pelo Estado, ou seja, em boas condições de uso e de tráfego. No transporte irregular, temos detectado desde motoristas sem habilitação até carros sem vistoria, com mais de três anos de emplacamento vencido e sem os itens essenciais, como cinto de segurança. Sem contar que em caso de acidentes, o passageiro não tem direito a nenhum tipo de ressarcimento”, explica o coordenador de fiscalização da Agerba.

Rodoviária
Entre os destinos mais procurados no período do São João estão as cidades do Recôncavo Baiano, a exemplo de Amargosa, Cruz das Almas e Santo Antônio de Jesus, além de municípios como Senhor do Bonfim, Irecê e Litoral Norte e Sul do estado. Para evitar imprevistos, a Agerba recomenda que as passagens sejam adquiridas com antecedência. Desde 15 de junho, os bilhetes com destino para as cidades do interior estão disponíveis e algumas empresas oferecem ainda a opção de compra pela internet.

Para o dia da viagem, a Agerba recomenda que o passageiro, mesmo que já tenha adquirido a passagem, se programe para sair de casa mais cedo, chegando com antecedência na Rodoviária. Isso porque, em períodos de muita movimentação, o trânsito costuma ficar mais intenso nos arredores do Terminal Rodoviário.

A auxiliar de disciplina Antônia da Silva mora em Salvador e é natural de São Felipe, onde vai passar o São João. Ela prefere comprar a passagem com antecedência para evitar surpresas. “Quando a gente deixa para comprar em cima da hora, além de ter que chegar muito mais cedo, às vezes nem acha mais a passagem. Por ter vindo antes na Rodoviária, o dia da viagem torna-se mais tranquilo. É só entrar no ônibus e ir”, afirma Antônia.

Ferry Boat
Quem optar pelo Recôncavo Baiano e a estrada a partir da BR-101, pode também utilizar o Sistema Ferry Boat, que terá operação especial entre os dias 21 e 27. Além dos horários regulares, a cada hora, podem ser disponibilizadas viagens extras, caso haja demanda. Uma opção é adquirir as passagens antecipadamente para evitar as filas nos guichês. Essa operação pode ser feita pelo site da Internacional Travessias, com hora marcada, ou, para pedestres, com o Ferry Card, que permite o embarque imediato. As informações são da Secom.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.