Musical sobre sambista Cartola é apresentado no TCA; Lazzo e Margareth Menezes participam

Postado em jul 27 2017 - 1:15pm por Jornal da Chapada
foto

O musical destaca o papel que as mulheres tiveram na vida do artista | FOTO: Aline Aquino/Divulgação |

Nos próximos sábado (29), às 20h, e domingo (30), às 19h, o Teatro Castro Alves (TCA), em Salvador, se transformará na avenida pela qual passará o musical “Cartola, o Mundo é um Moinho”, que já desfilou com enorme sucesso por São Paulo e Rio de Janeiro e faz agora turnê nacional e chega à Bahia. Os ingressos já estão sendo vendidos na bilheteria do TCA e custam R$ 100, R$ 80, e R$ 60. São 18 atores e oito músicos fazendo evoluções em cena para contar a história daquele que é considerado o maior sambista brasileiro de todos os tempos.

A peça passeia por fatos marcantes da vida do mestre Cartola, entremeados por suas belas canções e com posições e abordando os conflitos do cotidiano da construção de um desfile de carnaval. E claro, mergulha fundo no coração do sambista, ao falar da paixão de Cartola pela Mangueira e pelo amor a sua eterna companheira Dona Zica. Idealizado pelo ator e produtor Jô Santana, com dramaturgia de Artur Xexéo, direção e encenação de Roberto Lage, “Cartola, o Mundo é um Moinho” tem pesquisa de Nilcemar Nogueira, neta de Cartola e secretária de Cultura do Rio de Janeiro e direção musical de Rildo Hora.

No papel principal, como Cartola, o ator Flávio Bauraqui. Com grande expressão no cinema brasileiro, participou dos filmes Madame Satã, Nise, Faroeste Caboclo, O Cheiro do Ralo, entre outros e também participou de várias novelas na Rede Globo como Meu Pedacinho de Chão, Duas Caras, Caras e Bocas, Para&iac ute;so Tropical, Toma Lá Dá Cá e de Malhação.

LAZZO E MARGARETH CANTAM
Lazzo e Margareth Menezes, duas das mais importantes vozes negras da Bahia participam em Salvador do espetáculo “Cartola, o Mundo é um Moinho”, um no sábado e a outra no domingo. Para Lazzo é uma grande honra participar do espetáculo, que é uma homenagem ao que ele considera o “grande ícone do samba brasileiro”. Já Margareth Menezes se declarou muito honrada em ser convidada para participar deste projeto especial que homenageia Cartola.

“Quero parabenizar a produção do musical em fazer este link com os artistas da terra, que são convidados para participar do espetáculo onde está sendo apresentado. É uma alegria muito grande estar no palco nesta grande homenagem ao poeta carioca”, disse a cantora. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.