#Bahia: Índio suspeito de matar segurança é absolvido após decisão em júri popular

Postado em ago 17 2017 - 12:58pm por Jornal da Chapada
foto

Após julgamento, cacique indígena acusado de matar segurança é absolvido | FOTO: Reprodução/TV Bahia |

O julgamento do índio pataxó Joel Braz dos Santos, de 56 anos, suspeito de matar o segurança de uma fazenda em Itamaraju, no sul da Bahia, a tiros aconteceu na última quarta-feira (16), durou o dia inteiro e resultou na absolvição do acusado. Santos foi a júri popular no Salão da Câmara de Vereadores de Eunápolis.

O Ministério Público da Bahia (MP) pode recorrer da decisão. O crime ocorreu em dezembro de 2002, às margens da BR-498, rodovia que liga a BR-101, em Itamaraju, ao Parque Nacional de Monte Pascoal, em Porto Seguro. Desde 2009 Joel estava em prisão domiciliar.

Depois da investigação da Polícia Civil, o Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, reconheceu que as circunstâncias do crime estavam relacionadas a um conflito por território. Após isso, o caso passou a ser de competência da Justiça Federal em Eunápolis. Jornal da Chapada com informações do G1BA.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.