Final de semana com previsão de tempo frio à noite e chuvas isoladas na Chapada Diamantina

Postado em ago 24 2017 - 6:20pm por Jornal da Chapada
foto

Para as regiões da Chapada Diamantina e Sudoeste, os ventos úmidos vindos do Oceano também deverão trazer chuvas com menos intensidade | FOTO: Reprodução/Tayne Luz |

As condições do tempo previstas para os próximos dias, que também inclui o último final de semana de agosto, deverão ser de poucas mudanças na Bahia, ou seja, serão influenciadas por sistemas meteorológicos de diferentes características, atuando em áreas distintas. Na faixa centro-leste do Estado, onde a massa de ar seco continua perdendo força, os ventos úmidos vindos do Oceano Atlântico deverão predominar, contribuindo para o aumento da nebulosidade e ocorrência de chuvas em algumas regiões, principalmente naquelas mais próximas ao litoral, como no Recôncavo, Nordeste e Sul.

Além disso, um sistema de Alta Pressão próximo à costa da Região Sudeste deve intensificar estes ventos, resultando, assim, no aumento da nebulosidade e das chuvas nessas regiões. Mesmo assim, são nas localidades mais próximas ao litoral, onde estão previstos maiores volumes. Para as regiões da Chapada Diamantina e Sudoeste, estes ventos úmidos vindos do Oceano também deverão trazer chuvas, embora com menos intensidade. Com isso, o predomínio continua sendo de céu parcialmente nublado, com possibilidade de chuvas fracas em áreas isoladas.

Com essa previsão de céu encoberto e chuvoso nessa faixa do Estado, as temperaturas se manterão mais amenas, com mínimas podendo chegar aos 14°C (nas áreas serranas da Chapada Diamantina e Sudoeste) e máximas em torno de 32°C (em algumas localidades do Nordeste e Sudoeste). Por outro lado, na faixa centro-oeste do Estado, que abrange as regiões Oeste, São Francisco e Norte, a massa de ar seco continua sendo o sistema que mais influencia o tempo. Com isso, o céu deverá se manter ensolarado na maior parte do período.

tempo

Cidades da Chapada Diamantina seguem com as menores temperaturas da Bahia; Piatã deve registrar média de 14°C | FOTO: Divulgação/Inema |

Além de deixar o tempo seco, com umidade do ar podendo chegar aos 25% em algumas áreas, a permanência desse sistema também está refletindo nas temperaturas, pois a pouca nebulosidade nessas regiões contribui para que estas aumentem, principalmente no período entre 10h e 16h, quando as máximas poderão chegar aos 35°C. Já durante a noite e nas primeiras horas da manhã, essas temperaturas diminuem significativamente, podendo chegar a valores de até 15°C.

É sempre bom lembrar que, a baixa umidade do ar poderá causar problemas, principalmente, para a saúde da população, a exemplo dos baixos índices previstos para os próximos dias nessas regiões (que deverão ficar em torno de 25%). De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) estes índices são considerados prejudiciais, uma vez que, o ideal para o conforto humano é de, no mínimo, 60%. Assim, para minimizar possíveis danos é recomendado manter-se sempre hidratado.

Outro reflexo desse tempo quente e seco é o aumento nos riscos de ocorrer queimadas ou, até mesmo, intensificar aqueles focos já existentes, pois com a vegetação já ressecada, uma simples fagulha ou uma ponta de cigarro pode dar origem a um grande incêndio. Assim, recomenda-se cautela quanto à utilização do fogo em suas atividades diárias, tendo em vista que, na perda do controle do mesmo, este poderá trazer danos irreversíveis para a região.

Para a cidade de Salvador e região metropolitana, os ventos úmidos que sopram do Oceano Atlântico também continuam influenciando o tempo nos próximos dias, o que deverá manter o céu nublado a parcialmente nublado, com possibilidade de chuvas, na maior parte do período. Quanto às temperaturas, estas deverão ter poucas mudanças, ou seja, deverão variar entre mínimas de 20°C e máximas de 30°C. As informações são do Inema.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.