CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

Chapada: Meio Ambiente e Agricultura foram valorizados em Nova Redenção no ano de 2017

capa
A gestão da prefeita de Nova Redenção, Guilma Soares, faz um balanço dos setores de Meio Ambiente e Agricultura | FOTO: Montagem do JC/Divulgação |

As pastas municipais da Agricultura e do Meio Ambiente em Nova Redenção, na Chapada Diamantina, receberam investimentos importantes no último ano, através do ‘Governo da Reconstrução’, da prefeita Guilma Soares (PT). Os trabalhadores da zona rural puderam ver a recuperação do sistema integrado de abastecimento de água, por exemplo.

Houve diversos benefícios no setor agrícola, como a aquisição de três kits de irrigação, entrega de um kit de irrigação de dois hectares na comunidade de Peruca, contemplação de sete tanques para piscicultura, através da Bahia Pesca e do Consórcio Chapada Forte (CCF), recuperação de poços artesianos, contemplação de 30 barracas para feira livre, através da CAR, e a inscrição e homologação do Garantia Safra 2017/2018 com 825 agricultores homologados.

Foram cadastradas 126 solicitações de cisternas, através do CCF, sendo que 84 já em construção, foi firmada também a parceria na aquisição e na entrega de um trator para o assentamento Campo Formoso, e foi realizado um seminário sobre produção de leite a pasto (através da SDR e Bahiater), dentre tantas outras ações.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Meio Ambiente
Já na pasta de Meio Ambiente há que se comemorar a busca por prover os cidadãos de Nova Redenção de uma educação ambiental, como foi feito no ano passado durante a comemoração do dia mundial do Meio Ambiente, em 5 de junho, com alunos da rede pública. Eles receberam palestras dadas em parceria com a Cooperativa de Assessoria Técnica e Educacional e o Desenvolvimento Educacional da Agricultura Familiar (Cootraf), além da instalação de placas educativas nos locais de visitação turística.

O ‘Governo da Reconstrução’ realizou também a revitalização do Horto Florestal, visitou comunidades para levantamento de potencial turístico no município e para planejamento de atividades, mapeou, limpou e fez a abertura da trilha Pedra da Arara, organizou o Carnaperuca 2017, criou o Conselho Municipal de Turismo, lei nº150 de 06 de junho de 2017, e colaborou para Criação do Parque Natural Municipal de Nova Redenção, dentre tantas atitudes em prol da natureza.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com o apoio das secretarias de Juventude e de Educação foi realizada a apresentação e mobilização do Projeto ‘Turismo na Escola’, para os alunos do 9º ano do Educandário Rômulo Galvão, além da expedição para a Gruta da Lapinha com alunos e professores em atividades de educação ambiental, geologia local e paleontologia presente na região.

No fim do ano, em dezembro, aconteceu o 1º Passeio Ecológico para o Grupo Raízes da Terra (CRAS), com atividades recreativas, lanche coletivo, banho de rio e almoço no Sítio da Pedra da Arara. Apesar de muito trabalho já realizado, as ações não param por aí. No último mês do ano houve Reunião do Conselho de Turismo, criado em Nova Redenção, para apresentação do Calendário 2018. Agora é aguardar mais trabalho da gestão municipal em Nova Redenção.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios