Chapada: Prefeitura de Jacobina nega compra de mais de R$300 mil em doces e balões de aniversário

Postado em mar 7 2018 - 1:42pm por Jornal da Chapada
jacobina

Na lista, 8 mil caixas de pirulitos, por exemplo, custam R$ 86 mil aos cofres da gestão de Luciano da Locar (DEM) | FOTO: Divulgação/BN |

O resultado do contrato firmado para compra de gêneros alimentícios para o município de Jacobina, na Chapada Norte, divulgado no diário oficial da última segunda-feira (5) assustou alguns moradores da cidade. É que entre os valores e produtos que atendem às necessidades nos próximos 12 meses, estaria descrito que o município gastará mais de R$ 300 mil na compra de doces e bexigas. A administração municipal negou a compra.

Na lista, 8 mil caixas de pirulitos, por exemplo, custam R$ 86 mil aos cofres da gestão de Luciano da Locar (DEM). O valor é superior a compra de feijão carioquinha, que no próximo ano será de cerca de R$ 52 mil. Existe ainda a previsão de compra de mil pacotes de bombons Serenata de Amor por R$ 48 mil e do gasto de R$ 97 mil para compra de balões de assopro. O valor para a compra de outra peça fundamental na cozinha, o de óleo de soja, ficou dez vezes menor que o de bexigas. O município irá gastar R$ 9 mil na aquisição do alimentício.

No entanto, ao negar a situação, a prefeitura declarou que o montante é “uma cotação, e não compra de doces diversos, diferentemente do que foi sugerido nas mídias sociais”. Disse também que não fez ainda a aquisição do material, e caso faça, informou que “pagará o que utilizar”. A prefeitura afirma haver um desconhecimento sobre a tomada de preço, para a gestão o caso se parece com o ocorrido no ano passado em relação ao fornecimento de pão, que tinha previsão de R$ 1,4 milhão, mas teve gasto R$ 136,4 mil. Jornal da Chapada com informações de Bahia Notícias .

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.