Chapada: Moradores vão às ruas em protesto contra a violência e por direitos em Barra da Estiva; confira vídeo

Postado em jun 4 2018 - 2:23pm por Jornal da Chapada
capa

Com faixas, cartazes e palavras de ordem, estudantes, pais e membros de setores da sociedade caminharam pelas ruas de Barra da Estiva para chamar a atenção para o crescente índice de violência | FOTO: Divulgação/Notícias Sudoeste |

Uma multidão tomou as ruas do município de Barra da Estiva, na Chapada Diamantina, na manhã desta segunda-feira (4), para protestar contra a violência após o assassinato brutal da garota Rhanna Kevila da Silva Almeida, de apenas 15 anos (veja aqui). A polícia investiga o caso que chocou a comunidade da região por suspeita de abuso sexual.

Com faixas, cartazes e palavras de ordem, estudantes, pais, professores e membros de setores da sociedade caminharam pelas ruas de Barra da Estiva acompanhados de carro de som para chamar a atenção para o crescente índice de violência. O grupo saiu do Colégio CENAD, onde Rhanna estudava e seguiu em caminhada até a praça.

Houve pronunciamento de diferentes representantes sociais, da política e de lideranças religiosas após a caminhada. Em vídeo publicado na internet, quem conduzia o protesto citou trechos do Estatuto da Criança e do Adolescente e defendeu os direitos da mulher.

“O corpo é nosso, são nossas as regras. É o nosso direito de ser mulher. Nesse processo de luta, para acabar com a violência masculina contra meninas e mulheres que mudaram esse lado obscuro da história é essencial contar com o envolvimento de todo a sociedade. Precisamos educar novas gerações… Somos capazes de construir no presente, um futuro melhor”, declara a narradora do protesto.

Jornal da Chapada

Veja fotos e vídeo da manifestação

Este slideshow necessita de JavaScript.

Leia também

Chapada: Garota de 15 anos é encontrada morta em Barra da Estiva; há suspeita de violência sexual

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.