Chapada: Comunidade escolar de Várzea do Poço comemora um ano do Clube de Leitura

Postado em jun 14 2018 - 8:30pm por Jornal da Chapada

O clube funciona no espaço da biblioteca da escola e é coordenado pelos próprios alunos, que se reversam nos turnos opostos às aulas | FOTO: Divulgação/SEC |

O primeiro aniversário do Clube de Leitura ‘Livre-se’, do Colégio Estadual Felipe Cassiano, em Várzea do Poço, na Chapada Norte, foi comemorado nesta quinta-feira (14), com o Café Literário, que teve a participação de toda a comunidade escolar. Com o objetivo de estimular a prática da leitura entre os estudantes da unidade, o clube funciona no espaço da biblioteca da escola e é coordenado pelos próprios alunos, que se reversam nos turnos opostos às aulas. Passado um ano de atividades, eles comemoram o aumento significativo do número de leitores no colégio.

A estudante Sara Silva, 16 anos, do 2º ano, já gostava de ler mesmo antes da criação do clube, mas a iniciativa trouxe algo a mais para a vida dela. “Ao mergulhar mais profundamente no mundo da leitura, ganhei não somente conhecimento, como também me tornei uma pessoa melhor, quebrei barreiras e me emocionei com muitos romances”, declara a aluna, que lê uma média de quatro livros ao mês.

Fernando de Jesus, 17, ex-aluno do colégio e hoje estudante do curso universitário de Letras com Inglês, tem orgulho de ter sido um dos fundadores do clube. “Concluí a Educação Básica, mas continuo acompanhando o trabalho que é feito. O resultado da iniciativa de criar o clube de leitura está sendo muito positivo. Muitos começaram a ler após a abertura do espaço e outros, que já liam, multiplicaram o seu gosto pela leitura. Isso é transformador”.

A professora de Língua Portuguesa e de Literatura Valéria Alves, uma das incentivadoras e criadoras do Livre-se, destaca que “o clube veio a fortalecer a nossa biblioteca escolar que, até então, estava sem uso. A partir da iniciativa de criar um clube de leitura livre, ao gosto do interesse público adolescente do Ensino Médio, tivemos a reabertura da biblioteca, que passou a ser um ambiente vivo com a presença dos estudantes”.

O resultado da iniciativa de criar o clube de leitura está sendo muito positivo, diz a professora Valéria Alves | FOTO: Divulgação/SEC |

Campanhas
A professora acrescenta que para fortalecer o projeto foram feitas campanhas de arrecadação de livros e, hoje, a biblioteca ganhou mais de 200 títulos, aumentando o acervo para cerca de 1,2 mil títulos. “A cada mês, os alunos assumem o papel de mediadores e compartilham suas leituras com seus pares, indicando livros e dividindo suas experiências com a literatura. Para se ter uma ideia, nossa escola tem cerca de 281 alunos e, destes, 180 estão cadastrados no clube de leitura”.

Para a coordenadora de Ensino Médio da Secretaria da Educação do Estado, Tereza Farias, “a comemoração de um ano do Clube de Leitura Livre-se, do Colégio Estadual Felipe Cassiano, é uma iniciativa de extrema importância no Território da Bacia do Jacuípe, entendendo que a linguagem é a porta de entrada para a ampliação da compreensão em todos os campos de saberes”. As informações são da SEC.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.