#Brasil: Pré-candidata Marina Silva criticou a decisão favorável ao ex-presidente Lula

Postado em jul 9 2018 - 12:02pm por Jornal da Chapada
marina

Marina disse acompanhar “com atenção e preocupação o desenrolar” dos acontecimentos | FOTO: Divulgação |

A decisão do magistrado Rogério Favreto de emitir o alvará de soltura do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) foi criticada pela pré-candidata à Presidência da República, Marina Silva (Rede). “A atuação excepcional de magistrado, durante um plantão judicial de fim de semana, não sendo o juiz natural da causa, não deveria provocar turbulências políticas que coloquem em dúvida a própria autoridade das decisões judiciais colegiadas, em especial a do STF”, afirmou a ex-senadora, em nota.

Marina, que tem como bandeiras a defesa da Operação Lava Jato e a prisão após condenação em segunda instância, disse acompanhar “com atenção e preocupação o desenrolar” dos acontecimentos. “O Estado de Direito é pilar da democracia, e a observância às normas e regras processuais é o caminho pelo qual é possível legitimar a proteção jurídica a quem quer que seja”, afirmou a pré-candidata. Jornal da Chapada com informações de Bahia Notícias.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.