Valmir destaca o processo de campanha e pede paz para o domingo de eleição

Postado em out 6 2018 - 10:09pm por Jornal da Chapada

O deputado federal Valmir Assunção durante atividade em Porto Seguro | FOTO: Divulgação |

O processo de campanha na Bahia foi uma verdadeira correria para o deputado federal e candidato à reeleição, Valmir Assunção (PT-BA). Neste sábado (6), véspera de eleição, o petista esteve no município de Porto Seguro para mais uma atividade para levar os nomes de Rui Costa (PT), governador, Fernando Haddad (PT), presidente, e dos postulantes ao Senado, Wagner (PT) e Coronel (PSD). Valmir apontou que o Brasil, não precisa de mais retrocessos e destacou o processo de campanha, pedindo paz para o domingo de eleição.

“Precisamos eleger Haddad para evitar que aconteça mais retrocessos no país. Esse governo golpista está investindo no quanto pior, melhor! Temos de colocar uma pedra nesse período da história e retomar o crescimento econômico para voltarmos a gerar emprego e renda. Percorri toda a Bahia e levei o máximo de informações e pessoas para as ruas para podermos ampliar os debates e a importância de Lula livre e da retomada da democracia. Também tratamos da reeleição de Rui Costa, que será no primeiro turno”, salienta.

Segundo Assunção, por onde ele passou a recepção das pessoas foi positiva. O deputado federal baiano ainda frisou que por representar as minorias sociais da Bahia, não pode cometer erros em sua atuação parlamentar. “Cada apoio me dá mais responsabilidade para atuar na Câmara Federal. Não posso errar com quem eu represento. As minorias sociais deste país já foram massacradas anos e anos e agora elas têm representantes e terá vez e voz”, completa.

Valmir ainda lembrou dos apoios de prefeitos, vereadores, ex-prefeitos e ex-vereadores e dos movimentos sociais, sindicais, frentes de combate à onda conservadora que cresce no país. “Não podemos aceitar que o Brasil volte a ter um governo ditatorial e com base militarista. É uma vergonha para a democracia brasileira, é uma afronta aos negros, mulheres e comunidade LGBTI+. Precisamos garantir o futuro da nação e isso será com um governo popular”, finaliza.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.