Marcelo Yuka, um dos fundadores da banda ‘O Rappa’, está internado em estado grave no Rio de Janeiro

Postado em jan 4 2019 - 5:10pm por Jornal da Chapada

Yuka se tornou uma das vozes mais importantes no combate à violência após ser baleado em um assalto e ficar paraplégico | FOTO: Reprodução/Globo |

O músico e compositor Marcelo Yuka, um dos fundadores da banda O Rappa, está internado em estado grave no Hospital Quinta D’Or, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Segundo amigos ouvidos pelo G1 nesta sexta-feira (4), o artista de 53 anos está com um quadro de infecção generalizada. A pedido da família, o hospital não divulgou informações sobre o estado de saúde. Segundo o amigo e ex-produtor Luiz Fernando Barakat, Yuka sofreu um acidente vascular-cerebral (AVC) na quarta-feira (2). No meio do ano passado, ele já havia tido outro AVC.

Em 2000, Yuka ficou paraplégico ao ser atingido por nove tiros quando tentava impedir um assalto a uma mulher na Tijuca, na Zona Norte do Rio. Ex-baterista de O Rappa, o artista é criador de hits como “Pescador de ilusões”, “O que sobrou do céu” e “Minha alma (A paz que eu não quero)”. Dois anos após ser baleado, em 2002, ele oficializou sua saída da banda e criou outra, a F.UR.T.O.

Em 2017, lançou o primeiro albúm solo, “Canções para depois do ódio”, no qual manteve o discurso sempre politizado que já marcava os músicas de O Rappa. O posicionamento político o levou a se filiar ao PSOL, em 2010, e a ser convidado pelo hoje deputado federal Marcelo Freixo para ser candidato a vice-prefeito nas eleições de 2012 no Rio. As informações são do G1.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.