Chapada: Polícia militar coíbe crime ambiental de extração ilegal e venda de madeira nativa em Iaçu

Postado em fev 15 2019 - 2:23pm por Jornal da Chapada

Os suspeitos, um caminhão e uma moto que tinha divergência entre chassis e motor foram apresentados na Coorpin de Itaberaba | FOTO: Divulgação/Cipe-Chapada |

Policiais militares da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe-Chapada) conseguiram interceptar homens que estavam carregando madeira extraída ilegalmente em um caminhão na noite da última quinta-feira (13). O local indicado fica numa estrada vicinal, cerca de 600 metros da BA-046, sentido Iaçu para João Amaro, na Chapada Diamantina.

Ao avistarem a guarnição, dois homens fugiram, porém, outros dois foram capturados. Gileno Lima dos Santos e Gabriel Pereira da Silva foram presos com cerca de seis metros cúbicos de madeira que já estavam acondicionadas no caminhão – esse material também foi apreendido. Havia mais madeira espalhada pelo local, totalizando 12 metros cúbicos.

Segundo um dos suspeitos, as madeiras eram das espécies sucupira, angico e carrancudo, e que foram extraídas do assentamento dos Sem Terra em Marcionílio Souza. Os suspeitos, um caminhão e uma moto que tinha divergência entre chassis e motor foram apresentados na Coorpin de Itaberaba. Jornal da Chapada com informações da Cipe-Chapada.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.