CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia

#Brasil: Policial militar é preso negociando fuzil usado por atiradores de elite no Rio de Janeiro

O fuzil apreendido pela polícia | FOTO: Divulgação |

Policiais da 14ª DP (Leblon) prenderam, na tarde desta segunda-feira (1º), no estacionamento do shopping Downtown, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, uma quadrilha suspeita de negociar a venda de um fuzil usado por atiradores de elite. O terceiro sargento da Polícia Militar Fábio Henrique Soares, de 39 anos, está entre os presos. Ele é lotado no 5º BPM (Praça da Harmonia) e está na Polícia Militar há 13 anos.

De acordo com o delegado Antenor Lopes Martins Junior, o fuzil era negociado por R$ 60 mil e estava dentro da mala do carro do policial militar. Ao ser abordado pelos policiais civis, o terceiro sargento estava no banco do motorista, com o veículo ligado. Informalmente, ele admitiu aos agentes que dava cobertura à quadrilha. A arma era negociada com criminosos.

Identidade do policial militar | FOTO: Divulgação/Polícia Civil |

Além de Fábio, foram presos Welker Iago Cruz Francisco, de 27 anos, Bruno Francisco Castro da Costa, de 33 e Thiago de Oliveira da Silva, de 35. Welker já tem passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas.

Um dos presos, Welker Iago, afirmou à polícia que é uma espécie de preposto de um traficante da favela da Rocinha, em Madureira, na Zona Norte do Rio. Todos os presos foram autuados pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e associação criminosa. As informações são do O Globo.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios