Chapada: Manifestantes bloqueiam BA-142 e pedem ao governador recuperação integral da via; veja fotos e vídeos

Postado em abr 1 2019 - 1:49pm por Jornal da Chapada

A paralisação foi até às 14h, e um novo protesto já é organizado pelos manifestantes em outro trecho da BA-142: na ponte de Sussuarana. A data será divulgada em breve | FOTO: Montagem do JC/Divulgação |

O tráfego na BA-142 foi interrompido na manhã desta segunda-feira (1º), nas imediações da fazenda Itaguarana, na região do município de Ituaçu, na Chapada Diamantina, por conta da manifestação para pedir a recuperação integral da via estadual. Os manifestantes levaram faixas e fecharam a estrada com pneus e galhos secos, nos quais foram ateados fogo para impedir a passagem de veículos. As informações do caso dão conta que, apesar dos serviços de manutenção estarem realizados pela Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), é preciso um trabalho mais incisivo no asfalto, que contém diversos buracos, que dificultam muito no ir e vir dos cidadãos dos municípios, bem como dos turistas que visitam a região.

A estrada foi construída em 1984 e, de lá para cá, essa malha viária é a mesma e só tem ações para tapar buracos. “Porém, nem tapa buraco fizeram mais, e o povo está cansado e não aguentam tanto sofrimento. Várias vidas foram ceifadas aqui, foram muitos prejuízos. É uma região turística e o povo não aguenta mais. Eu apoio a paralisação porque não dá para aguentar esse descaso. Queremos uma resposta estadual esperamos que o governador Rui Costa, realmente, atenda os anseios da população de Ituaçu, Tanhaçu, Barra da Estiva e Ibicoara”, disse Antônio Pereira dos Santos, morador de Barra da Estiva, em entrevista ao canal SD Produções.

Já de acordo com o motorista de van, Edinaldo Pereira, que atua em Barra da Estiva, os danos materiais são enormes para quem trafega pela BA-142. “Todo dia passo nesta pista e a gente vem sofrendo danos materiais, meu carro está quebrando direto e eu tenho que trocar pivô e amortecedor. Então eu resolvi não viajar e participar e reivindicar meu direito de ter uma pista melhor. Estamos vivendo de promessas que vai arrumar e nunca arruma”, salienta. A Polícia Rodoviária Estadual esteve no local e acompanhou a manifestação pacífica.

Veja fotos do protesto

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Seinfra já havia afirmado que o projeto para restauração da BA-142, que liga Mucugê ao distrito de Sussuarana, e de Itaetê ao entroncamento da BA-142, está em fase de elaboração, mas nada de concreto foi realizado. “Do ponto de vista jurídico é totalmente legal, acho que estamos vivendo em um período de morte da nossa democracia e manifestação como essas são um sopro de esperança. Precisamos nos manifestar, mas antes de tudo ter coerência com aquilo que prega, não adianta está aqui e chegar no período eleitoral e eleger pessoas que deveriam estar aqui nesse momento e que não estão e que não se atentam o que está acontecendo com a região”, salienta advogada Cristina Queiroz.

Mas os manifestantes não se importaram com o não aparecimento de políticos da região para dar suporte à manifestação. “Não venham depois dizer que resolveram a situação, porque passaram anos e ninguém fez nada. Uns dizem que a licitação da obra de recuperação sairia em abril, agora já e em maio. Por isso fizemos o protesto no dia da mentira. Pois é só o que temos, mentiras até então. Enquanto isso, a estrada está arruinada”, completa um dos manifestantes. A paralisação foi até às 14h, e um novo protesto já é organizado pelos manifestantes em outro trecho da BA-142: na ponte de Sussuarana. A data será divulgada em breve.

Jornal da Chapada

Confira vídeos da DS Publicidade

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.