CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

Chapada: Campus do Ifba em Jacobina forma quarta turma de eletromecânica

Palavras como amadurecimento e união foram marcantes na fala dos jovens, que também elencaram bons momentos e os desafios enfrentados | FOTO: Divulgação |

A formatura da quarta turma de eletromecânica do Campus do Ifba de Jacobina, na Chapada Norte, aconteceu no último sábado (13). Com o auditório lotado, a solenidade foi marcada por muita emoção, tanto nas falas dos convidados quanto dos formandos, através do discurso dos oradores. Estiveram presentes, além dos estudantes, familiares e amigos, bem como servidores do Instituto, entre técnicos, professores e funcionários terceirizados.

Após a composição da mesa de honra, o mestre de cerimônia, prof. Washington Pereira, convidou o diretor geral pro tempore, Beliato Campos, para realizar a abertura oficial da cerimônia. Em seguida, ocorreu a entrada individual dos formandos, acompanhados por seus padrinhos. Durante a sessão de discursos, posterior à execução do hino nacional, a paraninfa da turma, profa. Lucília Santa Rosa, destacou algumas qualificações dos jovens em meio a muitas risadas.

“O verdadeiro caminho começa agora, vocês têm a responsabilidade de zelar pelo futuro. Sejam bem-vindos ao mundo do sucesso e contem sempre com a família Ifba! Vocês são únicos e me sinto honrada por este convite”, disse. O patrono da turma, prof. Tércio Graciano, atual coordenador do curso técnico de eletromecânica, ressaltou o potencial dos discentes, o que, segundo ele, ajudou a firmar o curso de eletromecânica.

“Hoje somos reconhecidos por toda a região. Nos destacamos em eventos nacionais e até internacional, nos quais, geralmente, apenas pesquisadores do nível superior participam. Também tivemos publicações no campo da extensão, desenvolvemos projetos de incentivo à aprendizagem e conquistamos premiações, como é o caso do formando Alan, medalhista da Olimpíada Brasileira de Matemática, recém-aprovado na Unicamp para a Licenciatura em Matemática. Essa turma é isso aí, eletromecânica na cabeça!”, comentou.

Já a coordenadora do ensino médio, profa. Bruna Iohanna, parabenizou a turma e compartilhou o sentimento de saudade. “Cheguei ao campus no finalzinho da formação de vocês, mas conheci cada um profundamente. Espero que sejam ótimos profissionais e muito felizes!”. Nas suas palavras, o diretor de ensino, Andson Rocha, professor de disciplinas técnicas, lembrou a contagem regressiva feita pela turma ao longo do 4º ano, mencionando momentos de descontração, ao lado das dificuldades, sobretudo quanto ao deslocamento para as aulas, pois a maioria é proveniente do município vizinho Miguel Calmon.

O diretor geral pro tempore, Beliato Campos, citou as viagens para eventos científicos como oportunas para estreitar os laços de amizade com os jovens, das quais não chegou a ser professor. Na ocasião, ele ainda qualificou cada formando com características que marcaram suas identidades durante a trajetória no Ifba. “Esta turma servirá de exemplo! Vocês deixaram um legado na pesquisa! Sentiremos falta de vocês, são especiais!”, finalizando seu discurso com a frase de Albert Einstein: “Em meio à dificuldade, encontra-se a oportunidade”.

Para fechar a sessão de discursos, os oradores da turma João Victor Teixeira e Maria Flávia Gomes lembraram a teoria do caos, associando fatos aparentemente irrelevantes que aconteceram durante a passagem pelo Ifba como transformadores em suas vidas. Palavras como amadurecimento e união foram marcantes na fala dos jovens, que também elencaram bons momentos e os desafios enfrentados. “Agradecemos a todos que fizeram parte desta caminhada, incluindo os mestres que não estão mais no Campus Jacobina, como o prof. William Guterres e Raimison de Assis”. Eles ainda mencionaram as mais de 30 publicações em eventos científicos obtidas pela turma no último ano da formação como fruto do trabalho em conjunto.

Na sequência, o formando Igor Souza proferiu o juramento em nome da turma e os demais colegas, totalizando 17, receberam a certificação de conclusão do curso técnico. Concluídos os atos protocolares, o diretor geral pro tempore encerrou a solenidade, inspirando-se na missão do Instituto Federal da Bahia: “Que nossos formandos sejam profissionais de sucesso e contribuam para o desenvolvimento socioeconômico e sustentável do país!”. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas