#Brasil: Hacker invade grupo do Conselho Nacional do Ministério Público em aplicativo para celular

Postado em jun 13 2019 - 11:25am por Jornal da Chapada



As mensagens, enviadas pelo hacker através do número do procurador militar Marcelo Weitzel, um dos integrantes do Conselho, despertou a desconfiança dos colegas | FOTO: Divulgação |

Mais uma vez o cenário político nacional está em polvorosa por conta de mensagens trocadas em aplicativos para celulares. É que um hacker acabou invadindo o grupo de conversas do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), na última terça-feira (11), no programa Telegram. As mensagens, enviadas pelo hacker através do número do procurador militar Marcelo Weitzel, um dos integrantes do Conselho, despertou a desconfiança dos colegas.

As informações de O Globo dão conta que o procurador recebeu uma ligação de um dos membros do grupo sobre as coisas ditas por ele no aplicativo. Weitzel confirmou que não estava usando o telefone no momento do envio das mensagens. Após o ocorrido, a procuradora-geral da República Raquel Dodge pediu que a Polícia Federal investigasse o ataque ocorrido através do aplicativo.

Na quarta (12), o colunista Guilherme Amado, da revista Época, revelou que um hacker também usou o telegram de Weitzel para conversar com o ex-presidente da Associação Nacional dos procuradores da República, José Robalinho. Jornal da Chapada com informações de Metro1.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.