CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

#Brasil: Hacker invade grupo do Conselho Nacional do Ministério Público em aplicativo para celular

As mensagens, enviadas pelo hacker através do número do procurador militar Marcelo Weitzel, um dos integrantes do Conselho, despertou a desconfiança dos colegas | FOTO: Divulgação |

Mais uma vez o cenário político nacional está em polvorosa por conta de mensagens trocadas em aplicativos para celulares. É que um hacker acabou invadindo o grupo de conversas do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), na última terça-feira (11), no programa Telegram. As mensagens, enviadas pelo hacker através do número do procurador militar Marcelo Weitzel, um dos integrantes do Conselho, despertou a desconfiança dos colegas.

As informações de O Globo dão conta que o procurador recebeu uma ligação de um dos membros do grupo sobre as coisas ditas por ele no aplicativo. Weitzel confirmou que não estava usando o telefone no momento do envio das mensagens. Após o ocorrido, a procuradora-geral da República Raquel Dodge pediu que a Polícia Federal investigasse o ataque ocorrido através do aplicativo.

Na quarta (12), o colunista Guilherme Amado, da revista Época, revelou que um hacker também usou o telegram de Weitzel para conversar com o ex-presidente da Associação Nacional dos procuradores da República, José Robalinho. Jornal da Chapada com informações de Metro1.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas