Pinheiro aborda a ampliação das telecomunicações e conectividade na Bahia durante encontro em Brasília

Postado em jun 25 2019 - 6:00pm por Jornal da Chapada



O secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, durante o Encontro Tele Síntese | FOTO: Divulgação |

A ampliação dos serviços de telecomunicações e conectividade pelo Governo da Bahia foi abordada pelo secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, durante o Encontro Tele Síntese, realizado em Brasília, nesta terça-feira (25). O encontro, cujo tema central foi “Tics e Governo Federal. As modelagens federativas e a expansão das redes de telecomunicações”, reuniu dirigentes dos governos federal e estaduais, de concessionária de energia elétrica, das maiores operadoras de telecomunicações, dos provedores de serviços de Internet, da estatal de telecomunicações, da agência reguladora, do banco público de desenvolvimento e de entidade da sociedade civil.

Pinheiro destacou que o Estado da Bahia está lançando um processo licitatório inovador para contratar serviços de conectividade, telefonia, central de atendimento (service desk) e videomonitoramento, de forma bastante abrangente. “O projeto Rede Governo IV envolve serviços imprescindíveis para a população em toda a Bahia nas mais diversas áreas, como saúde, educação, segurança pública, agricultura e outros, com conectividade, videomonitoramento, reconhecimento facial, serviços de imagem para a rede de saúde, controle de acesso a prédios públicos e muito mais”, destacou o secretário, ao ressaltar que as licitações também vão estimular o setor de Tecnologia da Informação e Comunicação, uma vez que estes serviços vão exigir a contratação de mão de obra especializada e oportunizar a capacitação de pessoas.

O secretário pontuou ainda que o estado já publicou os cinco Termos de Referência que compõem o projeto e promoveu diversas audiências públicas para colher sugestões e prestar detalhamento técnico para empresas com interesse em participar dos certames. Além disso, Pinheiro informou que todo o processo está sendo acompanhado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). “Esta será a primeira experiência de licitação desse porte que o governo vai fazer nesta área. Vamos focar nos serviços com qualidade, conectividade, convergência tecnológica, cobertura e com a garantia de boa velocidade, para que a Bahia possa avançar ainda mais nessa área de internet, com serviços de imagem e de telemedicina, serviços para a área de educação, frequência, ponto e vídeo monitoramento do setor de segurança pública”, disse. As informações são da Seplan.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.