Chapada: Proerd forma mais uma turma em Itaberaba; cerimônia com estudantes marcou encerramento

Postado em jul 11 2019 - 9:33pm por Jornal da Chapada

O prefeito Ricardo Mascarenhas afirmou a relevância social do trabalho realizado pelo Proerd, destacando o papel fundamental da escola na formação de crianças e adolescentes | FOTO: Divulgação |

Os 350 estudantes de quatro escolas da Rede Municipal de Ensino (RME), participaram do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) em Itaberaba, cidade da Chapada Diamantina, este ano. Na última quarta-feira (10), foi realizada uma cerimônia para marcar o encerramento de mais uma turma do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). O programa que tem o objetivo de promover a prevenção ao uso de drogas por crianças e adolescentes.

O encontro aconteceu na Quadra Poliesportiva da Escola Municipal em Tempo Integral Presidente Tancredo de Almeida Neves e contou com a participação do prefeito Ricardo Mascarenhas (PSB), acompanhado pela vice-prefeita Maria José Novais e por secretários e vereadores municipais, além de autoridades militares representando o 11º Batalhão de Polícia Militar de Itaberaba (BPM) e do Comando de Policiamento da Região da Chapada (CPR Chapada).

Em seu pronunciamento, o prefeito afirmou a relevância social do trabalho realizado pelo Proerd, destacando o papel fundamental da escola na formação de crianças e adolescentes. “O Proerd já demonstrou que é um programa de grande importância social e nós, estamos transformando as nossa escolas para que elas estejam, cada vez mais, prontas para cumprir o seu papel de formação”, disse o gestor.

Pais, professores, diretores, coordenadores pedagógicos e alunos do 5º Ano, das escolas municipais Profª Cora Ribeiro dos Santos, Nelson Alves de Guimarães Carvalho, Doralice de Souza e Profº Darcy Ribeiro — que participaram dessa edição do Proerd, também participaram da cerimônia que contou, ainda, com a equipe técnica pedagógica da Secretaria Municipal de Educação (Seduc).

O Proerd é uma ação da Polícia Militar da Bahia (PMBA), através do 11º BPM, com o apoio do CPR Chapada, propõe uma ação conjunta entre a Polícia Militar, as famílias, a comunidade escolar e a sociedade, formando uma rede protetiva para jovens com idades entre 9 e 12 anos de idade. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.